47: Saiba quais os smartphones que vão começar a receber o Android 11

 

SMARTPHONES/ANDROID 11

Versão mais recente do sistema operativo móvel aposta em melhorias na área das notificações, privacidade e mensagens instantâneas

A Google anunciou que a versão mais recente do sistema operativo móvel está disponível para os utilizadores. Os detentores de equipamentos Google Pixel 2, 3, 3a, 4 e 4a já vão começar a receber a versão final do Android 11, enquanto alguns modelos de outros fabricantes vão receber a versão beta.

A publicação da Google foi enganadora no sentido em que foi afirmado que “o Android 11 vai começar a chegar hoje em aparelhos seleccionados Pixel, OnePlus, Xiaomi, Oppo e Realme”. O fórum XDA Developers avançou depois que os outros fabricantes iriam receber não a versão final, mas sim versões ainda em fase beta. O site detalha a lista de aparelhos que estão nesta situação:

  • OnePlus 8
  • OnePlus 8 Pro
  • Xiaomi Mi 10
  • Xiaomi Mi 10 Pro
  • OPPO Find X2
  • OPPO Find X2 Pro
  • OPPO Ace2
  • OPPO Reno3 4G
  • OPPO Reno3 Pro 4G
  • Realme X50 Pro

As novidades do sistema operativo foram sendo adiantadas nos últimos tempos e não grandes alterações face às versões anteriores. O painel de notificações tem agora uma secção de ‘conversas’, na qual são integradas as notificações de várias apps de mensagens e é possível desenhá-las com a API Bubbles, que irão mostrar as conversações em formato de bolha flutuante, lembra o ArsTechnica. É também aqui que conseguimos ter acesso a notificações persistentes relacionadas com o controlo de media.

O Android 11 traz um gravador de ecrã integrado e melhora a possibilidade de dar permissões de utilização única a algumas apps. Em termos de Android Auto, é possível emparelhar com o sistema automóvel sem qualquer ligação física.

Dentro de algumas semanas, a versão 11 do Android deve estar disponível para a maior parte dos utilizadores destes aparelhos.

Exame Informática
09.09.2020 às 09h00

Relacionado: Chegou finalmente o Android 11 e não é apenas para os smartphones da Google

Avatar

 

46: Chegou finalmente o Android 11 e não é apenas para os smartphones da Google

 

ANDROID 11

Depois de meses de desenvolvimento, o Android 11 está finalmente pronto e chegou para todos os smartphones. A Google acaba de anunciar a versão final deste seu novo sistema operativo dedicado aos dispositivos móveis.

Durante vários meses as novidades foram sendo conhecidas de forma gradual e à medida que iam amadurecendo. Agora, com a versão final presente, todos os fabricantes podem iniciar os processos de actualização.

Chegou a versão final do Android 11

Todos os anos no final do verão a Google apresenta ao mundo a mais recente versão do Android. Este sistema é normalmente apresentado na sua conferência anual I/O e depois desenvolvido para a sua forma final, sempre com a ajuda dos utilizadores.

Este ano não foi diferente e mais uma vez a Google dá a conhecer a todos a sua mais recente versão. O Android 11 está finalmente terminado, com todas as novidades que foram sendo conhecidas ao longo dos últimos meses.

As muitas novidades que a Google criou para os smartphones

Há muitas novidades que podem ser destacadas nesta nova versão. A Google quis torná-la ainda melhor e focar-se em especial na área de notificações, na privacidade e no controlo e interacção com outros dispositivos IoT.

Na área das notificações temos agora uma zona dedicada às mensagens, vindas de diferentes apps e serviços. Desta forma tudo fica controlado e é gerido mais facilmente pelos utilizadores. Há também as bolhas de notificação, onde os utilizadores podem interagir directamente com os seus contactos.

 

É hora de actualizar nos smartphones suportados

Uma mudança importante está na forma como o Android 11 consegue gerir os dispositivos externos que pode controlar. Estes têm agora uma área reservada e onde a visão é global. Contem ainda com a possibilidade de gravação do ecrã e uma nova interface para captar imagens.

A nova versão estará disponível para os smartphones Pixel, OnePlus, Xiaomi, Oppo e realme a partir de hoje. A Google revelou também que outros parceiros estão prontos para lançar e actualizar os seus dispositivos nos próximos meses.

Quer testar o Android 11 no seu smartphone? Huawei, Xiaomi e OPPO estão a recrutar

Quase a ser lançado de forma oficial pela Google, o Android 11 tem estado a ser testado em vários smartphones, principalmente da gigante das pesquisas. Ainda assim outras marcas iniciaram também as primeiras avaliações … Continue a ler Quer testar o Android 11 no seu smartphone? Huawei, Xiaomi e OPPO estão a recrutar

Autor: Pedro Simões
08 Set 2020

Avatar

 

45: Relógio clássico transformado num smartwatch. Faz pagamentos e abre portas

 

TECNOLOGIA/RELÓGIOS

(cv) N-O-D-E / Youtube

Um entusiasta da tecnologia modificou um relógio de pulso Casio F-91W, transformando-o num dispositivo inteligente com várias funções modernas.

O autor da modificação, que se dá pelo nome NODE, partilhou no mês passado detalhes do protótipo no seu site e num vídeo no seu canal no YouTube. O seu esforço visa tornar um relógio clássico mais “funcional e atraente”, de acordo com o Russia Today.

Para tal, o entusiasta de tecnologia começou por substituir a sua parte frontal por uma totalmente preta, conferindo-lhe um design minimalista. O acrílico cortado a laser com milímetros de espessura pode ser de qualquer cor com designs personalizados.

Dentro do relógio, NODE colocou uma placa de circuito impresso que actua como uma antena para um chip NFC (near field communication), que permite a troca de dados entre dispositivos próximos. Com este recurso, o relógio não requer bateria porque pode ser alimentado sem fios, por exemplo, através de um telefone ou tablet.

No aparelho também foi inserido um chip de 8 kilobytes que, segundo NODE, permite a partilha de chaves públicas de criptografia.

Um espaço vazio dentro da caixa do relógio — que não é ocupado por nenhum componente— permite a incorporação de uma variedade de chips, inclusive um que dá a possibilidade de fazer pagamentos bancários contactless ou abrir portas com um sistema de acesso electrónico.

No verso, por baixo da tampa traseira, foi incorporado um leitor de microSD, o que confere ao dispositivo uma enorme capacidade de armazenamento de dados, tendo em conta que já existem cartões com mais de 500 GB.

O entusiasta nomeou o relógio Data Runner, não só pelo aumento da memória, mas como uma homenagem ao filme de 1995 “Johnny Mnemonic”, em que o protagonista tem um implante cerebral capaz de armazenar 160 GB de dados.

O criador pretende conseguir um adaptador que inclua todas as funções para evitar modificações reais e que qualquer pessoa o possa instalar. Isso envolveria uma placa com uma antena, os contactos dos chips, o leitor micro SD e um botão para ligar e desligar a função NFC.

ZAP //

Por ZAP
6 Setembro, 2020

Avatar

 

44: Marvo Scorpion M355+G1 USB Wired Optical Gaming Mouse and Mouse Pad Combo

 

Mandei vir hoje da empresa Memory C, na República da Irlanda, o rato (mouse) referenciado em título, dado que o meu EpicGear Meduza, também adquirido na mesma empresa, há mais de 3 anos, chegou ao seu final de vida.

Era um excelente rato, mas tudo na vida tem um fim, até no hardware. Não existe volta a dar. Veremos se este também se aguenta como o Meduza, com uma pequena vantagem de vir acompanhado de um pad…

E para constatarem a rapidez como este pedido foi executado, reparem no tracking: encomendado a 24 (anteontem), hoje, 26 já se encontra em Lisboa:

Date Time Location Service Area Checkpoint Details
August 24, 2020 16:38 Dublin – Ireland, Republic of Shipment picked up
August 24, 2020 19:40 Dublin – Ireland, Republic of Processed at Dublin – Ireland, Republic of
August 24, 2020 19:40 Dublin – Ireland, Republic of Departed from DHL facility in Dublin – Ireland, Republic of
August 25, 2020 13:41 Brussels – Belgium Arrived at DHL facility in Brussels – Belgium
August 25, 2020 15:38 Brussels – Belgium Processed at Brussels – Belgium
August 26, 2020 23:54 Lisbon – Portugal Processed at Lisbon – Portugal

Key Features

  • Gaming mouse & mouse pad combo
  • 800-6400 DPI
  • 9x programmable buttons
  • 1.5 m USB wired
  • Non-slip rubber base
Details

MARVO SCORPION
M355 + G1 Gaming Combo

PRECISION AND COMFORT
Dedicated to those who want to discover the universe of PC games, the M355 comes equipped with a competitive optical sensor that provides a resolution of 2400 DPI, sufficient for any scenario. Thus speed and precision are ensured to safely explore the virtual worlds.

DESIGNED FOR GAMING
The sensitivity can be adjusted in 5 steps by simply pressing the conveniently located button just next to the scroll wheel. Thus, depending on the situation in the game, you can adjust your accuracy in a dynamic and fast way. Moreover, the integrated lighting system uses 7 colors for immediate visualization of the active sensitivity.
Need extra firepower? No problem! The M355 offers you a special function button that allows you to execute two left-click commands with a single push of a button.

ERGONOMIC AND RELIABILE
Thanks to its ergonomic sculpted shape, the M35 fits perfectly into the hands of any right-handed gamer. Additionally, the use of contacts with an estimated lifetime of 5 million clicks guarantees the use of the mouse for a long time.

STABILITY AND CONTROL
The dense textile surface characteristic of the G1 mousepad included, offers an optimal level of control and precision in games. The rubber base ensures a firm fixation on the desk for excellent stability, and the thickness of only 3 mm contributes decisively to the comfort in use.

Specifications
CONNECTION TYPE USB wired
TRACKING METHOD Optical
FEATURES Mouse Pad included
MAX DPI 800-6400 DPI
COLOUR Black/Red
GAMING MOUSE Yes
DIMENSIONS Mouse pad: 287 mm x 244 mm x 3 mm
HAND ORIENTATION Right-handed
SCROLLING CAPABILITY Wheel
BUTTONS 9 (programmable)
SYSTEM REQUIREMENTS Windows 7 and later
PACKAGE CONTENTS Mouse Pad, Mouse

Chegou hoje, dia 27, via DHL, vindo de Bruxelas. Dois dias e meio para uma encomenda com origem na República da Irlanda é excelente. Já testei, possui software para configuração que ainda não explorei na totalidade mas para o preço, justifica-se este modelo para quem não pretende grandes capacidades de resposta.


 

Avatar

 

43: Dica: Segurança das passwords no Android? Use a biometria no preenchimento automático

 

TECNOLOGIA/ANDROID

Cada vez mais os smartphones Android estão mais seguros. Para além das passwords e do Pin, a presença a biometria veio trazer uma camada de segurança adicional muito importante.

Agora que toda a protecção está à distância de um dedo, a Google resolveu dar ainda mais protecção a alguns elementos. Assim, e depois várias melhorias, surge agora a das passwords. O preenchimento automático pode agora ser controlado com biometria e uma impressão digital.

Mais segurança nas passwords do Android

A protecção do Android não se pode limitar às intrusões não autorizadas. A segurança física deve ser aplicada a vários níveis e mesmo com acesso permitido, é possível fazer estragos e aceder ao que não é devido.

Assim, e para aumentar esta segurança, a Google tem agora uma novidade no preenchimento automático de passwords nas apps. Passa a ser possível requerer a utilização de biometria, em especial a impressão digital.

Protecção simples com recurso à biometria

Para a activar basta que abram as Definições do smartphone Android e depois procurem a opção Google. Aqui dentro encontram a opção Preenchimento automático e depois Preenchimento automático do Google, que devem seleccionar para continuar esta configuração.

Nesta área podem configurar de forma fina tudo o que é relacionado com o preenchimento automático de credenciais. Podem adicionar cartões de crédito, moradas ou métodos de pagamento. A opção que procuram é Segurança do preenchimento automático, e que devem escolher.

Impressão digital autoriza o preenchimento automático

Por agora, e aqui dentro, apenas encontram a opção Credenciais associada à biometria. Ao activarem esta opção passam a ter de colocar o dedo no leitor de impressões digitais para autorizar este preenchimento. Sem esta autorização extra o campo não é preenchido.

É desta forma que a Google dá ao seu Android ainda mais segurança pela biometria. Os utilizadores deixam de ter de se preocupar com o acesso aos seus serviços e apps. O preenchimento de passwords é feito como e quando estes querem nos seus smartphones.

Pplware
Autor: Pedro Simões
21 AGO 2020

 

Avatar

 

42: A Microsoft está a “matar” lentamente o Internet Explorer

 

MICROSOFT/IE

evilnickname / Flickr

A Microsoft anunciou esta semana que o seu software de comunicação Teams já não estará disponível no Internet Explorer a partir de 30 de Novembro. Além disso, as suas 365 aplicações, incluindo produtos do Office, não funcionarão nesse browser a partir de 17 de Agosto de 2021.

Miraculosamente, o Internet Explorer ainda existe 25 anos depois da sua criação. Outrora o navegador da Web mais usado, o Internet Explorer estava numa trajectória de queda constante há anos. A sua quota no mercado de navegadores caiu abaixo do limite de 50% em 2010 e agora está em cerca de 4%, de acordo com a CNN.

O Chrome, da Google, é actualmente o líder dos navegadores, com 71% do mercado.

O Internet Explorer foi lançado em 1995 como parte do Windows 95 e tornou-se um sucesso instantâneo, “matando” o Netscape Navigator e alcançando um monopólio virtual no início dos anos 2000. Em 2002, liderava 95% do mercado de navegadores.

No entanto, a Microsoft falhou em inovar, deixando o Internet Explorer 6 sem actualizações durante cinco anos, tornando-se sinónimo de bugs, com problemas de segurança e tecnologia desactualizada. A Microsoft ainda lançou o IE 7 em 2006, mas o estrago estava feito e o Firefox e o Chrome superaram o navegador da Microsoft.

Em 2011, a Microsoft lançou o Internet Explorer 9 – um navegador moderno. Ainda assim, o navegador ainda não oferece suporte a extensões, não está disponível em dispositivos não-Windows e não sincroniza com outros dispositivos por padrão.

A própria Microsoft reconhece que o Internet Explorer não é ideal para navegação na web.

“Os clientes têm usado o IE 11 desde 2013, quando o ambiente online era muito menos sofisticado do que o cenário actual”, disse a empresa num anúncio na segunda-feira. “Desde então, os padrões da web abertos e navegadores mais novos – como o novo Microsoft Edge – possibilitaram experiências online melhores e mais inovadoras”.

Nos últimos cinco anos, a Microsoft tem tentado – sem sucesso – “matar” o Internet Explorer. No Reddit, em 2014, os engenheiros da equipa do Internet Explorer reconheceram que a empresa estava a considerar uma mudança de nome para “nos separar de percepções negativas” sobre o navegador.

Em vez disso, a Microsoft desenvolveu um navegador totalmente novo, lançando o Edge em 2015. Mas o Edge não substituiu o Internet Explorer. A Microsoft continuou a fornecer o navegador com Windows para garantir que as aplicações corporativas continuam a funcionar correctamente, uma vez que as empresas tendem a ser muito lentas a adoptar novas versões de navegadores.

O Edge, um navegador moderno, é baseado no código aberto do Google Chrome e ganhou  mais força do que o Internet Explorer.

“Queremos deixar claro que o Internet Explorer 11 não vai desaparecer e que as aplicações e investimentos legados do Internet Explorer 11 dos nossos clientes continuarão a funcionar”, disse a Microsoft.

No entanto, a empresa observou que a sua versão mais recente do Edge oferece suporte a aplicações da web desenvolvidos para o Internet Explorer, para que os clientes não precisem de trocar de navegador.

Assim, talvez o Internet Explorer não dure para sempre.

ZAP //

Por ZAP
20 Agosto, 2020

 

Avatar

 

 

41: Aztech WL559E

 

TECNOLOGIA/WIRELESS

…em casa, no escritório, etc

As redes wireless fazem hoje parte de muitas casas e escritórios. Permitem a mobilidade dos utilizadores, mas a verdade é que nem sempre conseguimos que o sinal chegue a todo o lado da nossa casa ou escritório. Inovador repetidor de sinal WL559E que é uma actualização do popular Aztech WL556E.

Instala-se em 30 segundos, liga-se a uma tomada sem cabos e garante uma largura de banda de 300Mbps. Vamos conhecer melhor o repetidor Aztech WL559E.

Aztech WL559E – Resolva problemas com cobertura wireless…

 

40: Dica: Use o smartphone Android para o ajudar a dormir mais e muito melhor

 

TECNOLOGIA/ANDROID/APP

Presentes de forma constante, o smartphone é um elemento essencial para ajudar os utilizadores em várias áreas. É uma ferramenta única e que concentra dentro de si as funções e funcionalidades necessárias.

A Google procura sempre melhorar o seu Android em áreas que vão muitas vezes para lá do sistema operativo. Isso é visto agora com uma funcionalidade que pode ajudar os utilizadores a dormir mais e muito melhor.

Google continua a melhorar o seu sistema

As mais recentes versões do Android têm-se focado em dar aos utilizadores as ferramentas para uma utilização saudável do smartphone. São opções e funcionalidades que limitam a sua utilização para lá dos limites razoáveis e saudáveis.

Com a chegada do Bem-estar Digital esta área ficou enriquecida e mais útil para o utilizador. A Google deu agora mais um passo e deu à app Relógio uma área dedicada ao descanso. Chama-se Hora de dormir e quer assim que o utilizador se desligue do smartphone.

Mais e melhor descanso com o Android

Depois de actualizarem a app Relógio vão agora ver presente mais um separador novo. Falamos do Hora de dormir, que no primeiro acesso irá pedir ao utilizador que indique a sua hora normal de acordar. Podem ainda definir os dias em que é usado, bem como o som e a forma de despertar.

Devem depois, no passo seguinte, definir qual a hora a que o smartphone Android irá começar a entrar no modo de descanso. Novamente devem definir a que dias este modo é activado, devendo ser similar ao definido antes. Devem ainda definir se querem que seja mostrado um lembrete e quanto tempo antes.

O seu smartphone adapta-o quando tem de dormir

É possível ver todas estas definições num painel de controlo e retirar ainda mais deste. Se precisarem, podem ouvir sons calmantes para ajudar a dormir e ver ali informação sobre os próximos eventos.

Após o tempo de descanso, o acordar será gradual e com um aumento do brilho do ecrã antes da hora. Será ainda possível ver a utilização do smartphone durante o tempo em que este e o utilizador deverá estar em repouso.

Pplware
Autor: Pedro Simões
13 Ago 2020

Avatar

 

 

39: Atenção Portugal: Há um novo malware que ataca aplicações bancárias

 

MALWARE/INTERNET

Portugal é um dos países afectados por novo malware que ataca aplicações bancárias. Como temos vindo a informar, os ciber-ataques têm vindo a crescer à escala global e Portugal não é excepção.

Segundo a investigação da empresa de cibersegurança ESET, o trojan, baptizado de Mekotio, simula uma actualização de segurança e é capaz de roubar bitcoins e credenciais de acesso.

Há um novo malware, mais concretamente um trojan, que tem a capacidade de atacar aplicações bancárias em língua Portuguesa e Espanhola. O Mekotio, nome dada a esta nova ameaça, ataca sobretudo países latinos como o Brasil, Chile, México, Espanha, Peru e Portugal.

Uma vez infectado o computador, o Mekotio executa diversas actividades em segundo plano, incluindo tirar imagens do ecrã (screenshots), reiniciar as máquinas infectadas, restringir o acesso a web-sites de banca online legítimos e, nalgumas variantes, até mesmo roubar bitcoins e credenciais guardadas pelo browser Chrome.

Malware Mekotio tem a capacidade de…

  • Recolher das suas vítimas informação sobre a configuração do firewall do computador
  • Versão do Windows da máquina infectada
  • Privilégios de administração
  • Lista de software anti-fraude e anti-malware eventualmente instalados
  • Capacidade de tirar screenshots
  • Reiniciar máquinas infectadas
  • restringir o acesso a web-sites de banca online legítimos
  • Roubar bitcoins
  • Roubar credenciais guardadas pelo browser Chrome

Segundo Robert Šuman, o investigador da ESET que liderou a equipa que analisou o Mekotio…

Para os investigadores, a funcionalidade mais notável das variantes recentes desta família de malware é a sua utilização de uma base de dados SQLdatabasecomo um servidor C&C [“comand&control”] e a forma como é capaz deabusardointerpretadorAutoItlegítimo como o seu método primário de execução

O Mekotio tem estado activo desde pelo menos 2015 e, tal como outros troianos bancários investigados pela ESET, partilha características comuns com este tipo de malware, designadamente o facto de ter sido escrito em Delphi, usar janelas pop-up falsas e conter funcionalidades de “backdoor”.

De forma a parecer menos suspeito, o Mekotio tenta disfarçar-se de uma actualização de software usando uma mensagem numa janela específica.

Pplware
Autor: Pedro Pinto
13 Ago 2020

Avatar

 

38: Huawei Freebuds 3i em análise

 

Os auscultadores sem fios são um dos gadgets mais populares do momento e esta solução da Huawei aliam desempenho a um preço competitivo. A qualidade de som é globalmente boa e a autonomia é satisfatória.

 

Exame Informática

Avatar