676: Portugal regista mais seis mortes e 478 novos casos de covid-19

 

SAÚDE/COVID-19/ESTATÍSTICAS

António Pedro Santos / Lusa

Portugal registou, este domingo, mais seis mortes e 478 novos casos de infecção pelo novo coronavírus, segundo o último boletim epidemiológico da Direcção-Geral da Saúde (DGS).

De acordo com o último boletim da DGS, dos 478 novos casos, 172 são na região Norte. Na região de Lisboa e Vale do Tejo há mais 134 infectados do que nas últimas 24 horas, no Alentejo há mais 51, no Centro há mais 42, no Algarve há mais 30 e nos Açores e na Madeira há mais 14 e 35 casos, respectivamente.

No total, o número de pessoas infectadas pela doença desde o início da pandemia é agora de 834.442. Há, neste momento, 24.792 casos activos, mais 164 do que neste sábado.

Estão também confirmadas 16.965 mortes devido à covid-19, mais seis óbitos relativamente às últimas 24 horas, sendo que dois ocorreram na região Norte, dois no Centro, um na região de Lisboa e Vale do Tejo e um no Algarve.

Neste momento, existem 348 doentes internados em Portugal (mais seis do que ontem), dos quais 98 nos cuidados intensivos (o mesmo número de ontem).

O boletim da DGS também aponta para mais 308 doentes recuperados, verificando-se já um total de 792.685 pessoas. Há ainda 24.313 pessoas em vigilância pelas autoridades de saúde, mais 511 em relação ao dia de ontem.

Na chamada matriz de risco, Portugal encontra-se na zona verde. O país tem uma média de 72,1 casos de infecção por 100 mil habitantes e o Rt (risco de transmissibilidade) está nos 0,98.

A pandemia de covid-19 provocou pelo menos 3.100.659 mortes em todo o mundo desde que o novo coronavírus foi identificado em 2019, 13.540 das quais neste sábado,​ segundo um balanço divulgado pela agência France-Presse.

Por Filipa Mesquita
25 Abril, 2021

 

© ® inforgom.pt e apokalypsus.com são domínios registados por F. Gomes

[ratingwidget_toprated type=”posts” created_in=”all_time” direction=”ltr” max_items=”5″ min_votes=”1″ order=”DESC” order_by=”avgrate”]

 

Please follow and like us: