356: 23.Set.2019

Hoje foi dia de visita, as flores da semana passada ainda estavam boas dado que choveu durante quase toda a semana, mas levámos um novo raminho de flores brancas, muito bonito.

O aldrabão que te arranjou a campa, finalmente foi colá-la e colocar nova gravilha por cima da terra. Ficou mais decente.

 

353: 17.Set.2019

Reservámos a visita para hoje porque ontem o dia estava muito esquisito e estava com receio que chovesse.O aldrabão que arranjou a campa anda há mais de dois meses para colar a pedra dos pés da campa e ainda a semana passada a Vera telefonou-lhe e ele disse que vinha arranjar. Hoje, estava tudo na mesma, telefonou-se de novo e ele disse que tinha de ir comprar o material! Mas este parvalhóide, de seu nome Rui Ribeiro, não sabe que tipo de cola é, se foi ele mesmo que colou as pedras da campa no início da obra? Anda a gozar connosco?

Comprámos um raminho de flores na florista do cemitério e aqui está ele:

 

352: 10.Set.2019

Quase duas semanas sem te visitarmos! Culpa minha que andei sem poder andar devido a um pé que não me deixava assentar o dito cujo no chão. Não sei o que foi, mas já nem comento os azares que vão aparecendo. Mas com pomadas a coisa lá se foi resolvendo e hoje fomos à nossa visita, com as flores murchas devido ao calor e à falta de água. Novo raminho, vais gostar!

 

351: 28.Ago.2019

Dia de visita à campa da nossa querida. As flores da semana passada aguentaram-se apesar do calor, mas o novo raminho deu nova vida ao conjunto. Contudo, o tipo que arranjou a campa, ainda não se dignou colar a pedra, ao fim de dois meses…

 

350: 22.Ago.2019

Visita semanal à campa da nossa querida. Hoje, o chafariz que existe perto do talhão da campa, não tinha água, a Vera teve de ir buscá-la a outro lado e a informação que recebeu foi a de que tinha existido uma rotura e só depois de almoço iam buscar a peça para arranjar.

Mas o copo ficou com água, as flores, por enquanto, estão fresquinhas mas com este calor vão secar. Por incrível que pareça, o homem que arranjou a campa ainda não foi colar a base da pedra… Deve ter sido um enorme “desastre” que ele sofreu…

 

18.Ago.2019 – 37 meses

Faz hoje trinta e sete meses que nos deixaste para sempre e a Saudade não sai dos nossos corações. Lembrar-te-emos sempre enquanto formos vivos. Descansa em Paz meu amor.

 

348: 12.Ago.2019

Dia de visita semanal à campa da nossa querida mas hoje foi apenas a Vera dado que não me encontrava em condições para me deslocar. A Vera hoje foi florista e fotógrafa.

Entretanto, a campa ainda não foi arranjada, isto há mais de um mês… O homem deve ter levado uma grande “panada” para ficar assim imobilizado tanto tempo…

Ficam as imagens:

 

347: 02.Ago.2019

Dia de visita à campa da nossa querida, muito calor, flores secas, tudo reposto e um lindo ramo de flores.

Infelizmente o gajo que tratou da campa, ainda não foi colar a pedra e depois de uma troca de SMS muito desagradáveis, disse que tinha tido um “acidente” e não podia trabalhar…

Como se eu fosse bruxo e tivesse adivinhado que ele sofreu um “acidente” – se é que sofreu, as suas melhoras -, mas deduzo que é mais desculpa esfarrapada. É o país e a sociedade que actualmente existe.

[vasaioqrcode]

 

346: 24.Jul.2019

Dia de visita a meio da semana, mas para nós é a qualquer dia, querida. Nunca te esquecemos, seja em que dia da semana for. Hoje levámos um raminho que a Vera comprou, retiraram-se as flores murchas – o Sol e o calor apertam -, encheu-se o copo com água fresca e o arranjo ficou assim:

[vasaioqrcode]

 

18.Jul.2019 – 3 anos de profunda Saudade

Faz hoje três anos que nos deixaste para sempre e a Saudade não sai dos nossos corações. Lembrar-te-emos sempre enquanto formos vivos. Descansa em Paz meu amor.

A nossa visita de hoje e o raminho que lá deixámos_

[vasaioqrcode]