357: 30.Set.2019

Dia da habitual visita semanal. As flores da semana passada, metade foram fora, não choveu, estavam secas, mas levámos um novo raminho muito bonito.

 

356: 23.Set.2019

Hoje foi dia de visita, as flores da semana passada ainda estavam boas dado que choveu durante quase toda a semana, mas levámos um novo raminho de flores brancas, muito bonito.

O aldrabão que te arranjou a campa, finalmente foi colá-la e colocar nova gravilha por cima da terra. Ficou mais decente.

 

355: 22.Set.2019

Deste-me a suprema felicidade de ter duas filhas lindas, a Vera e a Sandra. Faz hoje 46 anos que a nossa filha mais nova Sandra nasceu e também foi num dia de Aniversário que ela se casou. Antes, éramos uma Família feliz e com a tua doença e depois o teu falecimento, tudo se desmoronou.

Hoje, resta a extrema Saudade desses dias felizes em que os quatro éramos unidos e felizes. Creio que no lugar onde estás, não te esqueces deste dia, como de todos estes dias enquanto foste viva.

Descansa em Paz meu amor.

Depois, vieram as duas netas que tão esmeradamente cuidaste desde os 4 meses até irem para a escolinha.

e é sempre bom – e agora muito triste -, lembrar os tempos que todos passámos juntos

 

354: 18.Set.2019

Faz hoje trinta e oito meses que nos deixaste para sempre e a Saudade não sai dos nossos corações. Lembrar-te-emos sempre enquanto formos vivos. Descansa em Paz meu amor.

 

353: 17.Set.2019

Reservámos a visita para hoje porque ontem o dia estava muito esquisito e estava com receio que chovesse.O aldrabão que arranjou a campa anda há mais de dois meses para colar a pedra dos pés da campa e ainda a semana passada a Vera telefonou-lhe e ele disse que vinha arranjar. Hoje, estava tudo na mesma, telefonou-se de novo e ele disse que tinha de ir comprar o material! Mas este parvalhóide, de seu nome Rui Ribeiro, não sabe que tipo de cola é, se foi ele mesmo que colou as pedras da campa no início da obra? Anda a gozar connosco?

Comprámos um raminho de flores na florista do cemitério e aqui está ele:

 

352: 10.Set.2019

Quase duas semanas sem te visitarmos! Culpa minha que andei sem poder andar devido a um pé que não me deixava assentar o dito cujo no chão. Não sei o que foi, mas já nem comento os azares que vão aparecendo. Mas com pomadas a coisa lá se foi resolvendo e hoje fomos à nossa visita, com as flores murchas devido ao calor e à falta de água. Novo raminho, vais gostar!