2824: Cientistas reconstruiram ponte desenhada por Da Vinci há 500 anos (e é uma maravilha da engenharia)

CIÊNCIA

Gretchen Ertl / MIT

Uma ponte desenhada por Leonardo da Vinci, há 500 anos, foi reconstruida com recurso a uma impressora 3D. A ponte não só funcionaria na perfeição, como também seria uma maravilha da engenharia.

Engenheiros do Massachusetts Institute of Technology (MIT) usaram uma impressora 3D para reconstruir uma ponte desenhada por Leonardo da Vinci há 500 anos. Para além de funcionar, descobriram que seria um grande feito para algo idealizado há meio milénio.

Os planos foram desenhados em 1502, quando o Sultão Bajazeto II quis construir uma ponte para ligar as cidades de Istambul e Galata. Uma das propostas chegou de Leonardo da Vinci, que sugeriu um design de arco único e achatado, suportado por bases nas margens — algo nunca visto na época.

De acordo com o Gizmodo, o desenho da ponte era de tal forma radical, que o Sultão decidiu não escolher o desenho de Da Vinci. Agora, 500 anos depois, os engenheiros do MIT decidiram testar até que ponto é que o seu plano inovador era exequível.

As ilustrações feitas pelo artista italiano não especificavam qual seria o material a ser usado para a sua construção, mas os engenheiros assumiram que o único que se enquadrava nestes moldes era pedra.

A ideia de Da Vinci era que a gravidade desempenhasse um importante papel em manter todas as peças unidas. Com recurso a uma impressora 3D, os engenheiros criaram um modelo numa escala de 1:500, com 80 centímetros de comprimento e constituída por 126 blocos.

A réplica dos investigadores mostrou ser suficientemente forte para aguentar com o peso. Além disso, o design de Leonardo da Vinci também estava idealizado para manter a sua estabilidade, para que minimizasse os movimentos laterais na estrutura que poderiam levar à sua queda.

Caso tivesse sido construída pelo Sultão Bajazeto II, na Turquia, a ponte teria conseguido sobreviver a grande partes dos terramotos, que eram comuns na zona.

ZAP //

Por ZAP
12 Outubro, 2019