3765: Northolt Branch Observatories

=== May NEO Confirmations ===

In May we helped to confirm seven new near-Earth Asteroids.

Three were found by the Catalina Sky Survey, three by ATLAS, and one was discovered by Pan-STARRS 1.

Of the seven, six were Apollo-type asteroids, with the other being an Amor. None were classified as a potentially hazardous asteroid (PHA).

===

• Nearest miss: 2020 KV5 made a close approach to the Earth on May 22nd at a distance of 852,000km (0.0057au)

• Smallest: 2020 JY1 24-55 metres

• Largest: 2020 KQ5 276-618 metres

• Faintest object: 2020 JY1 at mag +19.5

• Interesting Objects: 2020 KQ5 is moving in an eccentric, comet-like orbit that crosses the orbits of five planets (Mercury, Venus, Earth, Mars and Jupiter).

It is an Apollo-type asteroid with a diameter of 10-22 metres, was just 372,000 km away when we last observed it on May 29th, shortly after its closest approach at 369,000 km.

*Orbital diagram courtesy of: Catalina Sky Survey. D. Rankin*

Northolt Branch Observatories
Asteroid Day
NEOShield-2
Qhyccd

=== Que NEO Confirmações ===

Em Maio ajudámos a confirmar sete novos asteróides perto da Terra.

Três foram encontrados pela Catalina Sky Survey, três pelo ATLAS, e um foi descoberto por Pan-STARRS 1.

Dos sete, seis eram asteróides do tipo Apolo, com o outro sendo um Amor. Nenhum foi classificado como um asteróide potencialmente perigoso (PHA).

===

• Miss mais próxima: 2020 KV5 fez uma aproximação próxima da Terra no dia 22 de maio a uma distância de 852,000 km (0.0057 au)

• Pequeno: 2020 JY1 24-55 metros

• Maior: 2020 KQ5 276-618 metros

• Objecto mais fraco: 2020 JY1 na Mag + 19.5

• Objectos interessantes: 2020 KQ5 está se movendo em uma órbita excêntrica, semelhante a cometa que atravessa as órbitas de cinco planetas (Mercúrio, Vénus, Terra, Marte e Júpiter).

É um asteróide tipo Apollo com um diâmetro de 10-22 metros, estava apenas a 372,000 km de distância quando o observámos pela última vez no dia 29 de maio, pouco depois de sua aproximação mais próxima a 369,000 km.

* Diagrama orbital cortesia de: Catalina Sky Survey. D. Rankin *

Northolt Branch Observatories
Asteroid Day
NEOShield-2
Qhyccd

 

spacenews

 

2870: NASA – Asteróide perigoso passará perto da Terra a uma velocidade de 40 mil km/h

CIÊNCIA

No próximo dia 25, sexta-feira, passará “perto” da Terra um asteróide à velocidade de 40 mil km/h. De acordo com o Centro de Estudo de Objectos Próximos à Terra da NASA, o objecto 162082 (1998 HL1) tem um tamanho de cerca de 700 metros de diâmetro e é da categoria Apollo.

A rocha espacial foi descoberta em 1998 e é vigiada desde então. Segundo os especialistas, se algum dia este asteróide colidir com o nosso planeta, as consequências serão desastrosas.

Asteróide perigoso debaixo de olho da NASA

Conforme está catalogado pela NASA, este é um asteróide do tamanho de um arranha-céus. Descoberto em 1998, foi já visto pela nossa vizinhança pelo menos 408 vezes. A sua classificação refere que é um Asteróide Potencialmente Perigoso (PHA).

No século passado, quando foi descoberto por astrónomos no projecto Lincoln Near-Earth Asteroid Research (LINEAR) em Socorro, Novo México, deram-lhe o nome de 1998 HL1.

1998 HL1 vai passar perto, mas o que é esse “perto”?

De facto vai passar perto. A passagem mais próxima do asteróide Apollo este ano será de 241.401.600 km de distância, ou 16 vezes a distância da Lua. Claro, comparando com a nossa noção de proximidade terrestre, esta rocha vai passar muito longe. Mas na unidade astronómica, ele vai passar aqui mesmo pertinho!

Apesar de ter já passado várias vezes no quintal da Terra ainda irá passar mais algumas vezes “sem entrar”. Segundo os cálculos da NASA, este não tem uma rota de colisão com o planeta nos próximo 120 anos.

A próxima vez que passar perto da Terra, como agora, será somente no dia 26 de Outubro de 2140. Nessa altura, esta rocha passará a uma distância de 6,18 milhões de quilómetros. Mas antes disso, a gigantesca rocha Apollo continuará a girar o Sol uma vez a cada 508 dias enquanto ele se move numa órbita elíptica.

NASA afirma que nenhum asteróide registado vai colidir com a Terra nos próximos 100 anos

Há hoje uma preocupação maior relacionada com os asteróides. Ameaças do asteróide do Apocalipse ou do Deus do Caos estão a ser vigiadas pela NASA que desdramatiza os possíveis casos de colisão com a … Continue a ler NASA afirma que nenhum asteróide registado vai colidir com a Terra nos próximos 100 anos

Pplware
Imagem: NASA
20/10/2019