4348: Revelados novos petróglifos neolíticos nas cavernas da “Montanha Alienígena”

CIÊNCIA/ANTROPOLOGIA/GEOLOGIA

Aravinda Ravibhanu
Reconstrução parcial e montagem de figuras antropomórficas na Danigala Circular Rock

Um astro-biólogo e geólogo do Sri Lanka descobriu “petróglifos neolíticos únicos” muito diferentes dos até agora descobertos no Sri Lanka. Estas verdadeiras obras de arte foram esculpidas nas paredes das cavernas na lendária “Montanha Alienígena”.

Segundo explica o astro-biólogo e geólogo Aravinda Ravibhanu Sumanarathn, autor de um estudo preliminar publicado no início deste mês no Research Gate, “pela primeira vez, no Sri Lanka, encontramos petróglifos associados ao período Neolítico“.

“Esta é a história dos petróglifos neolíticos perdidos da Danigala Circular Rock, a famosa Montanha Alienígena — um nome algo sensacionalista, que brevemente mostrará a sua razão de ser”, diz Sumanarathn, director da Unidade de Pesquisa em Astrobiologia do Sri Lanka e especialista em pesquisa paleontológica sobre vida extraterrestre.

Segundo adianta o Ancient Origins, as evidências científicas sugerem que as populações do Paleolítico chegaram ao Sri Lanka por volta de 300 mil anos A.C. Nos tempos antigos, esta ilha era uma zona rica em caça, e por isso atractiva para os habitantes do Mesolítico.

A Danigala Circular Rock é uma formação geológica única, localizada em Polonnaruwa, no centro do país. De acordo com o Attractions In Sri Lanka, é “ponto de avistamento de OVNIs”, por isso conhecida localmente como Montanha Alienígena. A povoação mais antiga ali encontrada foi datada pelo paleontólogo Paulus Deraniyagala em 125 mil anos AC.

Danigala Circular Rock

A região é “rica em numerosas formações geológicas e geo-morfológicas”, com realce para a abundância de eco-diversidade local que se acumulou desde o Pré-cambriano, e que se estende desde a formação da Terra cerca há 4,6 mil milhões de anos, até ao surgimento do Período Cambriano, há cerca de 541 milhões de anos – quando as primeiras criaturas com exoesqueleto apareceram.