Supermercado britânico lança ‘nugget’ de frango para o espaço

NOTÍCIAS

Lançamento foi uma forma de assinalar o 50º aniversário da cadeia Iceland Foods.

Um nugget foi lançado no espaço
© Direitos reservados

Os cientistas já lançaram muitas coisas, animais e pessoas para o espaço. Agora foi a vez de uma cadeia de supermercados britânico lançar um nugget de frango.

Para comemorar o seu 50º aniversário, a Iceland Foods Lda., enviou um nugget de frango para o espaço. A cadeia de supermercados contratou a Sent Into Space para enviar a sua comida para o universo. De acordo com o seu espaço, a Sent Into Space é “a empresa líder mundial em marketing espacial” e não é a primeira vez que manda comida para o espaço.

De um lugar na zona rural do País de Gales, o nugget viajou pela atmosfera da Terra até uma altitude de 110 mil pés (ou seja 33,5 quilómetros), onde flutuou na região conhecida como Espaço Próximo, explicou a Sent Into Space.

O nugget foi lançado num balão meteorológico cheio de gás com um sistema auxiliar de rastreamento por satélite e uma câmara incorporada. O nugget passou uma hora a “flutuar” no espaço a baixa pressão e a temperaturas que poderiam ir até -65º, segundo a empresa.

O jornal Irish News relatou que, depois, o nugget desceu a 320 Km/h com um pára-quedas que se desdobrou a cerca de 62 mil pés de altura.

“Haverá melhor maneira de mostrar que nossos produtos são de outro mundo do que enviar um dos favoritos de nossos clientes para o espaço?”, perguntou Andrew Staniland, director comercial da Islândia, ao The Irish News.

Diário de Notícias
DN
17 Outubro 2020 — 14:18

 

2055: Forte tempestade faz reaparecer floresta pré-histórica no Reino Unido

A tempestade Hannah, que levou fortes marés e ventos ao Reino Unido, voltou a trazer à luz restos de árvores de uma floresta pré-histórica com cerca de 4.500 anos. Os vestígios estiveram escondidos durante anos sob areia e água salgada.

De acordo com o Daily Mail, a floresta Cantre’r Gwaelod (que significa “A Terra Abaixo de Cem”) tem cerca de 32 quilómetros, estendendo-se ao longo da costa oeste do País de Gales. Este tesouro pré-histórico foi encontrado entre as ilhas de Ramsey e Bardsey, área agora conhecida como Cardigan Bay.

Os arqueólogos já sabiam da existência desta floresta da Idade do Bronze nesta praia, uma vez que tinha já sido observados troncos durante a maré baixa.

Em 2014, restos de troncos foram vistos pela primeira vez em 45 séculos, mas os moradores locais contaram que o que restava das árvores foi rapidamente coberto de areia outra vez. Neste anos, os cientistas identificaram espécimes de pinheiro, amieiro, carvalho e bétula entre os trocos que expostos.

Uma lenda local diz que esta área outrora fértil era protegida por uma represa. Num certo dia, o guarda responsável por vigiar as suas comportas embebedou-se e não se apercebeu que se aproximava uma tempestade.

Os portões abertos permitiram a passagem da água do mar, inundando as terras. Como consequência, o rei e os habitantes foram obrigados a deixar o território.

ZAP //

Por ZAP
26 Maio, 2019


[vasaioqrcode]