3488: Primeiros nomes oficiais dados a características da superfície de Bennu

CIÊNCIA/ASTRONOMIA

Este mosaico do asteróide Bennu mostra as localizações das primeiras 12 características à superfície que receberam nomes oficiais da União Astronómica Internacional. Os nomes aceites foram propostos por membros da equipa OSIRIS-REx da NASA, que têm vindo a mapear o asteróide em detalhe ao longo do último ano. As características à superfície de Bennu têm o nome de pássaros, criaturas parecidas com pássaros e de lugares a eles associados na mitologia.
Crédito: NASA/Goddard/Universidade do Arizona

O pedregulho mais proeminente do asteróide Bennu, um pedaço de rocha que se estende 21,7 m a partir do hemisfério sul do objecto, finalmente tem um nome. A rocha – que é tão grande que foi inicialmente detectada na Terra – tem a designação oficial Benben Saxum, em honra à colina primordial que surgiu das águas escuras de um antigo mito egípcio da criação.

Benben Saxum e outras 11 características do asteróide são as primeiras a receber nomes oficiais aprovados pela UAI (União Astronómica Internacional), a autoridade internacionalmente reconhecida para nomear corpos celestes e suas características de superfície. Os nomes aceites foram propostos por membros da equipa OSIRIS-REx da NASA, que têm vindo a mapear em detalhe o asteróide desde o ano passado. A sonda OSIRIS-REx, a primeira missão da NASA de retorno de amostras de um asteróide, está actualmente a visitar o asteróide e está programada para recolher uma amostra da superfície de Bennu este verão.

“Desde que chegou ao asteróide, a equipa da OSIRIS-REx tornou-se incrivelmente familiar com todas as características geológicas de Bennu,” disse Dante Lauretta, investigador principal da OSIRIS-REx na Universidade do Arizona, em Tucson, EUA. “Estas características fornecem-nos uma visão da história de Bennu e os seus novos nomes simbolizam a essência da missão – estudar o passado para descobrir as nossas origens e para compreender o nosso futuro.”

Os nomes aprovados das características à superfície de Bennu estão listadas abaixo. Os diversos tipos de terreno de Bennu – incluindo “regiones” (regiões geográficas amplas), crateras, “dorsa” (cordilheiras), “fossae” (ranhuras ou trincheiras) e “saxa” (rochas e pedregulhos) – receberão o nome de pássaros, de criaturas parecidas com pássaros e de lugares a eles associados na mitologia.

  • Tlanuwa Regio tem o nome dos pássaros gigantes que espalharam a Terra com pedaços de uma serpente que se transformou em pilares de rochas na mitologia Cherokee. Tlanuwa Regio é uma área coberta por grandes rochas no hemisfério sul de Bennu;
  • Benben Saxum tem o nome do antigo monte egípcio que surgiu das águas primordiais Nu. Na mitologia egípcia, o deus Atum estabeleceu Benben para criar o mundo após o seu voo sobre as águas na forma do pássaro Bennu. Benben Saxum é o pedregulho mais alto de Bennu;
  • Roc Saxum tem o nome de Roc, uma enorme ave de rapina da mitologia árabe do Médio Oriente. Roc Saxum é o maior pedregulho de Bennu;
  • Simurgh Saxum tem o nome do pássaro mitológico benevolente na mitologia persa. Diz-se que Simurgh possuía todo o conhecimento, e Simurgh Saxum define o meridiano principal de Bennu e é a base do sistema de coordenadas do asteróide;
  • Huginn Saxum e Muninn Saxum são rochas adjacentes com o nome de dois corvos, Huginn e Muninn, que acompanham o deus Odin da mitologia nórdica;
  • Ocypete Saxum tem o nome de uma das harpias gregas, a personificação metade donzela, metade pássaro dos ventos tempestuosos que roubavam e transportavam coisas para longe da Terra. Ocypete Saxum está localizado perto do local de origem do evento de ejecção de partículas de dia 19 de Janeiro de 2019;
  • Strix Saxum tem o nome do pássaro Strix do mau agouro da mitologia romana. Strix Saxum é uma grande rocha que flanqueia o local de recolha de amostras de “backup” da missão OSIRIS-REx;
  • Amihan Saxum tem o nome da divindade mitológica Tagalog (Filipinas), que é descrita como um pássaro e que foi a primeira criatura a habitar o Universo. Este pedregulho grande, mas plano parece estar parcialmente enterrado e está localizado em Tlanuwa Regio, que possui uma concentração invulgarmente alta de pedras grandes.;
  • Pouakai Saxum tem o nome do pássaro monstruoso que mata e come humanos na mitologia Māori (Polinésia). Pouakai Saxum é um pedregulho com 10,6 metros localizado no hemisfério sul de Bennu, ligeiramente para norte de Benben Saxum;
  • Aetos Saxum tem o nome do companheiro de infância do deus supremo Zeus, que foi transformado numa águia por Hera na mitologia grega. Aetos Saxum é um pedregulho visivelmente plano, com uma forma parecida a uma asa localizado no equador de Bennu;
  • Gargoyle Saxum tem o nome do monstro francês parecido com um dragão com asas, pescoço de pássaro e hálito de fogo. Gargoyle Saxum é um grande pedregulho perto do local de recolha de amostras de “backup” e um dos objectos mais escuros à superfície.

Astronomia On-line
10 de Março de 2020

 

spacenews