3076: Gravam como “canta” a Terra quando é atingida por uma tempestade solar

CIÊNCIA

Pitris / Canva

Uma equipa internacional de cientistas registou a actividade electromagnética na magnetosfera da Terra, conseguindo transformá-la em som.

A magnetosfera é o campo magnético que é gerado pelo núcleo derretido da Terra que protege a vida do nosso planeta da forte radiação do vento solar.

Quanto mais forte é o vento solar a assolar a Terra, mais agudo é o seu “cantar”, explicam os cientistas que conduziram em investigação, cujos resultados foram esta semana publicados na revista científica especializada Geophysical Research Letters.

Para capturar o som, explicar o portal Science Alert, os cientistas analisaram dados de seis tempestades solares na região espacial, onde partículas de vento solar colidem pela primeira vez contra a magnetosfera, criando ondas magneto-acústicas.

Os dados foram recolhidos por quatro dispositivos espaciais que orbitam a Terra no âmbito da missão Cluster da Agência Espacial Europeia.

No mesmo estudo, a equipa frisa que a magnetosfera nunca está em silêncio: há partículas e radiação sempre a fluir do Sol, produzindo assim ondas de baixa frequência quando o clima espacial está calmo.

No entanto, durante as tempestades solares, as ondas de frequência mais altas sobrepõem-se numa rede complexa, dando origem a um som agudo estridente. “É como se a tempestade estivesse a mudar de sintonia”, explicou o físico Lucile Turc, da Universidade de Helsínquia, na Finlândia.

Segundo os especialistas ouvidos pelo mesmo portal, estas mudanças propagam-se para a superfície da Terra em apenas alguns minutos e podem causar distúrbios geo-magnéticos, afectando, telecomunicações e os sistemas eléctricos e de navegação.

Actualmente, a equipa está a trabalhar para perceber como é que estas sobreposições complexas de ondas são geradas.

ZAP //

Por ZAP
23 Novembro, 2019