3662: Lunark, a casa dos futuros moradores da Lua inspirada em origami

CIÊNCIA/ESPAÇO

(dr) SAGA Space Architects

Com a NASA determinada a levar seres humanos à Lua em 2024, as atenções estão voltadas para os habitats que irão abrigar a próxima geração de exploradores lunares.

Dois designers dinamarqueses projectaram uma “casa” para os futuros colonos da Lua, que esta a ser construída de forma totalmente independente e tem tudo aquilo que e necessário que para uma estadia confortável no satélite natural da Terra.

De acordo com o New Atlas, o módulo lunar recebeu o nome de Lunark e será testado no final do ano nos territórios frios e ventosos do norte da Gronelândia

A dupla dinamarquesa, Sebastian Aristotelis e Karl-Johan Sørensen, inspirou-se na arte chinesa de dobrar papel – origami – para planear esta “casa lunar” auto-expansível.

O Lunark foi projectado para facilitar o transporte para a Lua, usando uma estrutura de alumínio compacta que promete ser muito leve e, ao mesmo tempo, suficientemente forte, capaz de pousar na superfície com móveis, água e recursos internos antes sequer de se expandir para o tamanho final.

Instalados na estrutura de alumínio estão 328 painéis individuais conectados através de uma costura flexível hermética. No interior, há tudo aquilo que é necessário para que os futuros colonos desfrutem da estadia na Lua.

Segundo os designers, o interior inclui cabines com um bom isolamento acústico e painéis de luz circadianos para imitar os ciclos variáveis do clima, de modo a permitir que os seres humanos mantenham os seus ritmos circadianos saudáveis.

Para garantir que a vida na Lua não é assim tão monótona, haverá dentro da “casa” um jardim vertical para que os colonos possam cultivar hortaliças, uma impressora 3D para reparar equipamentos e uma estação de carregamento alimentada por painéis solares.

O módulo foi projectado para abrigar duas pessoas, e os dois designers querem colocar esta “casa lunar” à prova num ambiente do mundo real ainda este ano, no norte da Gronelândia. Espera-se que a experiência adquirida pelos arquitectos seja útil para os astronautas que retornarão à superfície lunar em 2024, como parte do programa Artemis da NASA.

Actualmente, a SAGA Space Architects está a arrecadar fundos para construir a versão em grande escala do Lunark, e recorreu à plataforma Kickstarter para atingir este objectivo.

ZAP //

Por ZAP
8 Maio, 2020