Primeiro hotel do espaço terá “diária” de 645 mil euros

Orion Span

Empresa Orion Span anunciou que começará dentro de quatro anos a levar turistas para a “Aurora Station”, o “primeiro hotel de luxo em órbita”

Visitar o espaço já não é uma utopia para o cidadão comum. Pelo menos para o cidadão comum que tenha dinheiro. Muito. A empresa de Houston Orion Span, fundada por Frank Burguer, acaba de anunciar planos para abrir, no prazo de quatro anos, “o primeiro hotel de luxo em órbita”.

O “hotel” em causa será a estação orbital Aurora Station”, cuja construção terá início assim que a empresa consiga reunir os investidores necessários. Uma tarefa que dá por garantida, apesar dos valores astronómicos que uma empreitada desta natureza costuma envolver.

Os “hóspedes”, que passarão por um treino intensivo de três meses, nos quais receberão formação de astronautas, terão de pagar a módica quantia de 644.418 euros pelo privilégio de pernoitar a 200 milhas da superfície terrestre. Um valor que, no entanto, terá de ser multiplicado pela estadia mínima de 12 dias, o que implica uma factura garantida de 7,733 milhões de euros. Pequeno-almoço incluído, claro!

DN
08 DE ABRIL DE 2018 00:23
Pedro Sousa Tavares

[vasaioqrcode]

[SlideDeck2 id=1476]

[powr-hit-counter id=2293d2a7_1523314739151]