3321: NASA capta misterioso geóglifo australiano com 3,5 quilómetros

CIÊNCIA/NASA

NASA

Um geóglifo conhecido como “Homem de Marree”, localizado na cidade com o mesmo nome no Sul da Austrália, continua perfeitamente visível do Espaço.

A agência espacial norte-americana (NASA) captou uma imagem do geóglifo australianos em meados de Junho, que foi agora publicada nas suas redes sociais.

O geóglifo não é propriamente “novo”: foi avistado pela primeira vez por um piloto em 1998. Desde então, tornou-se uma atracção turística para a cidade australiana.

Com o tempo, explica a Russia Today, a imagem foi-se degradando, levando a uma queda no número de pessoas que procuravam visitar a área. Em 2016, alguns empresários locais “restauraram” a imagem recorrendo a maquinaria normalmente utilizada na construção civil. De acordo com o registo da NASA agora publicado, a iniciativa foi um sucesso.

O “homem de Marree”, uma figura com cerca de 3,5 quilómetros de comprimento, não é novo, mas está cercado de mistério. Até ao momento, não foi ainda possível descobrir quem é o seu autor ou quaisquer outros detalhes da sua criação.

Em Janeiro de 1999, as autoridades australianas encontraram uma placa junto do nariz da figura com uma bandeira dos Estados Unidos, os anéis olímpicos e uma indicação do zoólogo australiano Herbert Finlayson.

Em homenagem à terra que conheciam. As suas realizações nestas actividades são extraordinárias, uma fonte constante de espanto e admiração”, podia ler-se.

Tal como frisa a CNN, o mistério do “Homem de Marree” continua.

ZAP //

Por ZAP
5 Janeiro, 2020

spacenews