5196: Sobrevivente de cancro junta-se à primeira missão espacial totalmente civil

CIÊNCIA/ESPAÇO/MEDICINA

St Jude Children’s Research Hospital
Hayley Arceneaux

Hayley Arceneaux, de 29 anos, é a primeira sobrevivente de cancro a tornar-se astronauta, sendo igualmente a primeira pessoa com uma prótese a visitar o espaço e a mais jovem norte-americana a orbitar a Terra.

Segundo um artigo da BBC, divulgado esta terça-feira, a médica foi escolhida, em Janeiro, para se juntar à tripulação da primeira missão espacial totalmente civil do mundo. “Guardei o maior segredo da minha vida durante um mês e meio. Agora posso compartilhá-lo com o mundo”, contou Hayley.

A escolha para a missão foi anunciada na segunda-feira pelo St Jude Children’s Research Hospital em Memphis, Tennessee, onde a jovem foi paciente quando era criança e no qual  trabalha actualmente.

A missão ocorrerá este ano, num foguetão Falcon 9, da SpaceX – empresa fundada por Elon Musk -, sem astronautas profissionais a bordo. “Acho que esta missão vai inspirar as pessoas de muitas maneiras. Isto prova que tudo é possível”, disse Hayley.

Na mesma iniciativa estarão outros dois civis e o comandante de voo Jared Isaacman, um bilionário de 38 anos que pagará a missão na totalidade. O empresário pretende utilizar esta viagem ao espaço para arrecadar 200 milhões de dólares (cerca de 165 milhões de euros) para o St Jude.

Dos quatro assentos disponíveis na aeronave, um foi oferecido a um funcionário do hospital. “Desde o início, queríamos um membro da tripulação que representasse o espírito de esperança da missão”, referiu Jared. “Não consigo pensar em pessoa melhor do que a Hayley para assumir essa responsabilidade”.

Aos 10 anos, Hayley teve cancro ósseo. Como parte do tratamento, fez quimioterapia e cirurgia para substituir alguns dos ossos da perna por próteses. Numa época diferente, isso seria um impedimento para que fizesse parte de uma missão espacial, devido aos rigorosos requisitos por parte da NASA.

“Esta missão está a abrir as viagens espaciais para pessoas que não são fisicamente perfeitas”, referiu Hayley, cujo irmão e cunhada – ambos engenheiros aeroespaciais – lhe garantiram que a viagem era segura.

Jared planeia seleccionar e revelar os dois membros restantes da tripulação até Março. Um deles será o vencedor de um sorteio, cujos lucros serão doados ao St Jude. O outro será o vencedor de um concurso que pede aos empresários que projectem uma loja online através um software feito pela Shift4, a empresa de tecnologia do próprio.

Uma vez seleccionada, a tripulação passará por um rigoroso programa de treino, que durará meses e incluíra simulações em gravidade zero.

Por Taísa Pagno
23 Fevereiro, 2021