1527: Depois do eclipse total, a Lua trouxe um grande anel de luz

Jason Ahrns / Flickr

Na noite de 20 para 21 de Janeiro, o satélite natural da Terra ficou tingido de vermelho durante um eclipse total, dando lugar à chamada Super Lua de Sangue, mas os espectáculos não acabaram por aí.

Na noite seguinte, muitas pessoas testemunharam, em diferentes partes do mundo, um fenómeno atmosférico incomum conhecido como halo, no qual um grande anel aparece ao redor da Lua.

Este evento acontece devido às pequenas partículas de gelo hexagonais suspensas nas nuvens altas, reflectindo a luz e provocando um espectro de cores ao redor do satélite. O halo também é conhecido como arco-íris, podendo surgir tanto ao redor da Lua como em redor do Sol.

Nos halos lunares é possível observar um anel de cor branca ou pálida, juntamente com a cor vermelha no seu interior Além disso, há a cor azul na parte externa, mesmo que algumas vezes não seja visível à noite.

Para o fenómeno ocorrer, dependerá da forma particular e da posição dos cristais nas nuvens. Geralmente, o halo ocorre a baixas temperaturas.

Na madrugada de 21 de Janeiro ocorreu um eclipse total lunar raríssimo, também conhecido como “Super Lua de Sangue”. Os eclipses lunares acontecem porque, na sua trajectória pela órbita da Terra, a lua atravessa duas fases: nova quando fica entre a Terra e o Sol, e cheia quando a Terra é que fica entre a lua e o Sol.

Quando a Terra está entre a lua e o Sol (Lua Cheia) e o nosso planeta projecta nela a sua sombra, esta pode escurecer a lua durante até cinco horas, dependendo das condições. Durante o eclipse, a lua fica normalmente vermelha porque a luz do sol atravessa a atmosfera da Terra durante o pôr e o nascer do sol, e a sua luz é reflectida na lua.

Durante este eclipse, um meteorito caiu na Lua e o fenómeno foi filmado. Foi a primeira vez que se regista o impacto de um meteorito na Lua durante um eclipse. O momento pode ser visto em vídeos que mostram um ponto luminoso na superfície lunar. Esse ponto é o impacto de uma Geminida, um meteoroide que resulta da passagem do asteróide 3200 Faetonte perto da Terra.

ZAP // SputnikNews

Por SN
27 Janeiro, 2019

[vasaioqrcode]