2883: Cometa Halley vai brindar o céu com uma chuva de estrelas esta noite

CIÊNCIA

Lucas / Flickr
Imagem do Cometa Halley, capturada por Edward Emerson Barnard, a 29 de maio de 1910, no Observatório Yerkes, em Wisconsin (EUA).

Na noite desta terça-feira, o cometa Halley passou pelo céu naquele que foi o culminar do fenómeno. A chuva de estrelas acontecerá a um ritmo de 20 meteoros por hora.

Visto pela última vez em 1986, o cometa Halley vai fazer esta madrugada de terça-feira uma aparição nos céus. Esta vai tornar-se no primeiro cometa a ser visto duas vezes pela mesma geração.

Cada vez que um cometa entra no sistema solar deixa um trilho de partículas, que quando entram na nossa atmosfera criam uma chuva de estrelas. Quem olhar para o céu, às 20h desta terça-feira, será presenteado com uma chuva de estrelas chamada Oriónidas. Isto porque, segundo o CNET, se rastrearmos o seu percursos, elas parecem originar da constelação de Órion.

A chuva de estrelas já pode ser vista desde o dia 2 de Outubro e prolonga-se até ao dia 7 de Novembro, mas, de acordo com o Observador, o pico do fenómeno acontece hoje.

Para quem perder a oportunidade de o ver, tem ainda mais uma chance de presenciar a sua passagem. Está previsto que Halley volte a passar pela Terra em Agosto de 2061. Com sorte, a mesma pessoa pode observar o cometa três vezes na sua vida, algo que seria igualmente único.

ZAP //

Por ZAP
22 Outubro, 2019