3337: Astrónomos descobrem uma galáxia distante cercada por um misterioso anel de hidrogénio

CIÊNCIA/ASTRONOMIA

(dr)

Astrónomos do National Centre for Radio Astrophysics, em Pune, na Índia, descobriram uma galáxia gigante que está cercada por um misterioso anel de hidrogénio.

A galáxia, chamada AGC 203001, localizada a cerca de 260 milhões de anos-luz de distância, foi descoberta com o Giant Metrewave Radio Telescope (GMRT). O anel de hidrogénio que envolve a galáxia é muito maior em comparação com a própria galáxia, com um diâmetro de 380 mil anos-luz – quatro vezes o tamanho da Via Láctea.

De acordo com um artigo publicado em Outubro na revista científica Monthly Notices da Royal Astronomical Society, pensa-se que as galáxias com anéis tenham resultado de uma colisão entre duas galáxias que fez com que o gás e as estrelas se expandissem na forma de um anel.

Os astrónomos explicaram, em comunicado, que estas estruturas circulares em torno das galáxias são muito raras, uma que vez apenas uma destas estruturas foi observada – o Anel de Leão. Nenhuma estrela foi observada neste anel em particular, o que deixou os cientistas perplexos, porque outros anéis de gás encontrados continham estrelas.

Embora ainda não seja claro como se formam estes anéis gasosos descentralizados, a formação de anéis de hidrogénio sem estrelas é também um mistério.

Como no caso da formação por colisão, os investigadores explicam que, nesse cenário, o impacto também leva a grandes quantidades de formação de estrelas que não são observadas no anel.

Em estudos futuros, a equipa de cientistas vai realizar mais investigações para mapear os anéis de hidrogénio neutro em torno de galáxias semelhantes para saber mais sobre estes raros fenómenos.

ZAP //

Por ZAP
8 Janeiro, 2020

spacenews