2809: Primeira caminhada espacial 100% feminina vai mesmo acontecer. NASA já tem fatos novos para as astronautas

CIÊNCIA

NASA’s Marshall Space Flight Center / Flickr

Christina Koch e Jessica Meir serão as primeiras mulheres a participar na única caminhada espacial feminina da história a bordo da Estação Espacial Internacional (ISS) a 21 de Outubro.

A primeira caminhada espacial feminina originalmente planeada foi cancelada em Março, quando a NASA anunciou que só tinha um fato espacial adequado para as duas mulheres a bordo da Estação Espacial Internacional. Por isso, as duas mulheres participaram em duas caminhadas espaciais separadas.

O fato espacial que será usado durante a caminhada espacial é a Unidade de Mobilidade Extra-veicular (UEM), uma “nave espacial pessoal” especialmente projectada por um traje que mantém os astronautas seguros no vácuo de alta pressão do espaço. O fato espacial contém controles de respiração e temperatura, sistemas de comunicação, energia da bateria e oferece protecção contra radiação e detritos espaciais.

Uma parte do fato, o tronco superior duro (HUT), foi o que causou o problema na última tentativa de caminhada espacial feminina. Ambas as mulheres encaixavam-se melhor num HUT de tamanho médio, mas a ISS só tinha um disponível.

.@Astro_Christina and @Astro_Jessica are scheduled for a spacewalk together on Oct. 21. They recently talked about how their accomplishments are viewed in terms of being female astronauts.

“Devido a vários factores, variando de segurança a ajuste e desempenho, um membro da equipe pode decidir em órbita que as suas preferências de tamanho foram alteradas. Isso não é incomum, pois os corpos dos astronautas mudam de órbita e o treino em terra pode ser diferente de realizar caminhadas espaciais no ambiente de micro-gravidade fora da estação espacial”, escreveu a NASA em comunicado. “Quando isso ocorre, as equipas no terreno determinam qual o curso de acção melhor acomodará tanto as preferências dos astronautas quanto as demandas do cronograma da estação espacial”.

A caminhada espacial é uma das tarefas mais perigosas das quais um astronauta participará durante o seu tempo a bordo da ISS. Cada um deles dura cerca de 6,5 horas, enquanto o astronauta permanece preso à nave espacial para não flutuar. Os astronautas usam pequenas unidades do tamanho de mochilas completas com propulsores a jacto operados por um joystick para ajudá-los a movimentar-se com segurança.

Das cerca de 500 pessoas que já estiveram no espaço, menos de 11% eram mulheres. Todas as caminhadas espaciais até o momento envolveram equipas consistindo exclusivamente de homens ou equipas envolvendo homens e mulheres.

O evento de 21 de Outubro é uma das 10 caminhadas espaciais fora da ISS que estão programadas para ocorrer nas próximas semanas. As cinco primeiras estão destinadas a substituir as baterias de níquel-hidrogénio desactualizadas na estação espacial e as cinco seguintes a reparar o Espectrómetro Magnético Alfa (AMS). O AMS está ligado ao ISS desde maio de 2011 e é usado para detectar matéria escura. As próximas nove caminhadas espaciais serão transmitidas ao vivo pela televisão da NASA.

ZAP //

Por ZAP
9 Outubro, 2019

 

1765: Primeira caminhada feminina no espaço cancelada por falta de fatos

NASA anunciou que não consegue preparar fatos espaciais com o tamanho certo para duas mulheres até sexta-feira, portanto a astronauta Anne McClain vai ter de ficar a bordo da Estação Espacial Internacional.

Christina Koch (centro) assistiu os seus colegas Nick Hague (esquerda) e Anne McClain (direita) na missão de 22 de Março. Agora será ela a sair para o espaço
© NASA

Foi anunciado pela NASA como um marco histórico na conquista do espaço: no dia 29 de Março, já na próxima sexta-feira, Anne McClain e Christina Koch deviam realizar a primeira caminhada espacial exclusivamente feminina. Um marco histórico que afinal vai ter de ficar para outra data, tudo devido a um problema de falta de fatos.

A agência espacial norte-americana anunciou esta segunda-feira que não há fatos espaciais com o tamanho certo para as duas mulheres, portanto Anne McClain vai ter de ficar a bordo da Estação Espacial Internacional, sendo substituída na missão ao exterior por Nick Hague.

“Koch devia realizar esta caminhada espacial com a astronauta McClain, no que deveria ser a primeira saída exclusivamente feminina. Contudo, depois de consultar McClain e Nick Hague após uma primeira caminhada [realizada a 22 de Março], os responsáveis decidiram ajustar a missão, em parte devido à falta de fatos disponíveis na estação. McClain percebeu na primeira saída que um tamanho médio da parte superior do fato – essencialmente a camisola – lhe servia melhor”, explica o comunicado da NASA. O problema é que as duas astronautas vestem o mesmo tamanho “e como apenas conseguimos preparar um fato médio até sexta-feira, será Koch a usá-lo”.

A missão de Mcclain e Hague será a segunda de três saídas previstas para instalar umas poderosas baterias de lítio nos painéis solares da Estação Espacial e vai incluir mais três mulheres: Mary Lawrence será a directora da missão e Jackie Kagey a controladora. Já no solo, Kristen Faccioli irá dirigir a equipa a partir do Johnson Space Center.

Menos de 11% das mais de 500 pessoas que estiveram no espaço eram do sexo feminino e as equipas dos passeios espaciais foram sempre masculinas ou mistas.

Diário de Notícias
26 Março 2019 — 12:52

[vasaioqrcode]