3206: “Raro” busto do faraó Ramsés II encontrado no Egipto

CIÊNCIA

Ministério das Antiguidades do Egipto

Um “raro” busto do faraó Ramsés II foi encontrado num terreno particular perto do templo de Ptah, perto da antiga cidade Memphis, a 30 quilómetros a sul do Cairo, anunciou esta semana o Ministério das Antiguidades do Egipto.

Em Dezembro, o proprietário do terreno levou a cabo escavações clandestinas e acabou por encontrar blocos de pedra submersos nas águas subterrâneas, conta o Cairo Science.

A polícia acabou por prender o proprietário e, depois de uma semana de escavações, os arqueólogos conseguiram recuperar a estátua de Ramsés II, o terceiro faraó da 19.º dinastia do Egipto, que governou entre 1.279 e 1.213 a.C.

O busto tem 105 centímetros de altura e 55 centímetros de comprimento.

De acordo com um comunicado do ministério egípcio, citado pela agência noticiosa AFP, este é o primeiro busto de granito cor de rosa já encontrado de Ramsés II que inclui o símbolo “ka” gravado, fazendo desta uma peça “rara”.

No antigo Egipto, “ka” representava o espírito de um humano ou deus que podia viver numa estátua de uma pessoa ou divindade após a sua morte.

A estátua é “um símbolo de força, vitalidade e espírito“, acrescenta o ministério, sublinhando que, tendo em conta as características do busto, este achado é uma das descobertas arqueológicos mais raras até agora encontradas.

O busto do faraó e os restantes blocos encontrados durante as escavações foram transferidos para um museu para serem restaurados e preservados.

Nos últimos meses, o Egipto tem anunciado uma série de descobertas da Antiguidade, na esperança de animar a indústria turística do país, fonte primária de rendimento nacional. O sector foi muito afectado na última década pela instabilidade que se seguiu à turbulência popular de 2011, que derrubou o então ditador de longa data Hosni Mubarak.

ZAP //

Por ZAP
16 Dezembro, 2019

 

spacenews