3291: Físico propõe um motor estelar para mover o nosso Sistema Solar

CIÊNCIA/ASTROFÍSICA

A exploração interestelar é uma parte significativa da exploração espacial que revelará os segredos do cosmos. Além disso, viagens dos humanos ao espaço interestelar seria um evento histórico.

Embora as naves espaciais para permitir tais visitas ainda não existam, pode não haver necessidade de as inventar. O astrofísico da Illinois State University, Matthew Caplan, propôs o uso de um “motor estelar” que transformará o nosso sistema solar numa nave espacial.

Um vídeo publicado no Youtube explora o conceito de propulsores teóricos de motores estelares com a capacidade de impulsionar o Sol e, com ele, todo o Sistema Solar. O vídeo explica ainda o funcionamento da mega-estrutura cósmica com a ajuda de The Shadakov Thruster, apresentada pelo físico Leonid Shkadov. O conceito é semelhante à nave espacial LightSail, mas, neste caso, significaria usar a energia do Sol para movê-lo.

O sistema passivo de vela solar seria astronomicamente lento. “Em plena aceleração, o Sistema Solar provavelmente poderia ser movido em cerca de cem anos-luz ao longo de 230 milhões de anos”.

De acordo com o Mashable, o criador do conteúdo perguntou ao astrofísico Matthew Caplan, da Illinois State University, se seria possível ir mais rápido, o que levou à publicação de um artigo na revista científica Acta Astronautica. O documento descreve as considerações de projecto para maximizar a aceleração do motor estelar.

Para o vídeo, o astrofísico apresentou um motor activo baseado no método ateórico de propulsão espacial: Bussard ramjet. O motor utilizaria matéria do Sol como combustível em reactores de fusão termonuclear que libertariam um jacto de partículas de oxigénio a cerca de 1% da velocidade da luz, fora do Sistema Solar. Um segundo jacto libertaria hidrogénio de um acelerador de partículas para empurrar o Sol para frente e equilibrar a força do primeiro jacto para que o motor não colidisse com a bola de fogo.

Apelidado pelo canal do YouTube como Caplan Thruster, o motor estelar poderia empurrar o Sistema Solar a uma distância de 50 anos-luz em cerca de um milhão de anos.

ZAP //

Por ZAP
31 Dezembro, 2019

Avatar