3007: Encontrados dentes de um megalodonte numa caverna subaquática no México

CIÊNCIA

Mary Parrish / Wikimedia

Mergulhadores encontraram dentes de uma espécie pré-histórica de tubarão numa caverna subaquática no México.

De acordo com a Newsweek, os espeleólogos Erick Sosa Rodriguez e Kay Nicte Vilchis Zapata dizem que alguns dos dentes agora encontrados podem ter pertencido ao megalodonte (Carcharocles megalodon), um dos maiores tubarões que já viveu na Terra.

Os outros dentes podem pertencer a espécimes do tubarão-mako e do tubarão-serra — animais que ainda hoje existem —, mas os investigadores querem fazer uma análise mais aprofundada para ter a certeza das espécies envolvidas nesta descoberta.

A dupla de investigadores afirma que os dentes, encontrados na rede de cavernas subaquáticas cenote Xoc, próximas da cidade de Mérida, no México, podem datar do Plioceno (entre 5,3 e 2,6 milhões de anos) e do Mioceno (entre 23 e 5,3 milhões de anos).

Os investigadores afirmam que este é o segundo cenote na região onde foram encontrados dentes de um tubarão pré-histórico. Estudá-los poderá dar mais informações sobre as espécies que viveram na região há milhões de anos, quando partes da Península de Yucatán estavam submersas.

Acredita-se que o cenote Xoc, que só foi descoberto recentemente, seja a terceira maior caverna subaquática deste município mexicano, estendendo-se por cerca de 610 metros e atingindo profundidades de cerca de 90 metros.

O megalodonte, agora extinto, podia medir até 18 metros e pesar até 37 toneladas. Os fósseis mais antigos já encontrados têm cerca de 20 milhões de anos e os mais jovens datam de há 3,6 milhões de anos, indicando que este animal manteve o seu domínio durante cerca de 13 milhões de anos.

Durante a exploração da caverna, os investigadores também encontraram restos fossilizados de manta rays e ossos humanos.

ZAP //

Por ZAP
10 Novembro, 2019