2909: Norueguês investe milhões para refutar darwinismo

CIÊNCIA/EVOLUÇÃO

possan / Wikimedia

Einar Rasmussen, um dos homens mais ricos da Noruega, não acredita na Evolução e investe dinheiro para refutar a Teoria da Evolução de Darwin.

Um dos noruegueses mais ricos do país, Einar Rasmussen, alocou mais de um milhão e 300 mil euros na recém-criada BioCosmos, uma organização de fundo religioso que tem como objectivo refutar a Teoria da Evolução de Darwin.

A fundação está empenhada em propagar a teoria, ainda não provada pela Ciência, de “design inteligente“, que parte do pressuposto de que a natureza tem um carácter tão harmonioso que a Evolução não poderia ter ocorrido aleatoriamente, como Darwin teorizou.

Para os entusiastas desta ideia, a Evolução seria o resultado de uma qualquer “engenharia” – e Einar Rasmussen concorda. De acordo com o milionário de 81 anos, formado em engenharia naval e herdeiro de uma companhia de transportes fundada pelo seu pai, esta é a teoria que deveria ser ensinada nas escolas norueguesas.

“O meu desejo é fazer com que estas investigações modernas venham ao conhecimento do público geral. Esta teoria vai contra Darwin em pontos muito importantes”, afirmou Rasmussen, a um canal de televisão norueguês, citado pela Sputnik News. “A micro-evolução é algo que ocorre na natureza. No entanto, não observamos nenhum grande salto evolutivo, esse fenómeno não está documentado”, sustentou.

Apesar das suas alegações de que sua fundação se baseia na Ciência, o milionário é alvo de críticas tanto de cientistas, como de políticos. Glenn-Peter Satre, professor de Biologia Evolutiva na Universidade de Oslo e autor do livro “Genética Evolutiva”, publicado pela Oxford University Press, condenou a BioCosmos por determinar as crianças como público-alvo.

A fundação, que tem carácter religioso, é também posta em causa pelo teólogo Martin Jakobsen, da Faculdade de Teologia Ansgar, em Kristiansand. “A ideia é mostrar que não há conflito entre a Ciência e a Fé, mas o que acaba por acontecer é a confirmação da ideia preconceituosa de que as pessoas religiosas são cépticas em relação à Ciência e às novas ideias”, disse Jakobsen.

Por esse motivo, classificou este projecto como uma “versão moderna do criacionismo norte-americano”.

Vários políticos noruegueses também expressaram as suas críticas e preocupações em relação ao investimento do milionário na organização. O trabalhista Torstein Tvedt Solbert classificou a ideia de “design inteligente” de “ambígua”, frisando que é “completamente errado” que pessoas ricas “gastem dinheiro para comprar o acesso às salas de aulas norueguesas”. 

Esta notícia também ecoou nas redes sociais, com vários internautas a considerar que o dinheiro deveria ter sido aplicado de forma mais inteligente – por exemplo, em investigações sobre o tratamento para o cancro.

A Teoria da Evolução, formulada pelo biólogo inglês Charles Darwin, explica por que motivo os organismos mudam de forma ao longo do tempo. O principal argumento de Darwin é a acção da selecção natural e da mutação aleatória. De acordo com o biólogo, a Evolução é fruto da relação entre variação, hereditariedade e luta pela sobrevivência.

ZAP //

Por ZAP
26 Outubro, 2019