4469: Cientistas descobriram dunas petrificadas em Marte. Têm mil milhões de anos

CIÊNCIA/ASTRONOMIA/MARTE

NASA / JPL / University of Arizona

Uma equipa de cientistas descobriu campos de dunas preservados nos registos de rocha durante mil milhões de anos em Marte. Esta descoberta oferece novas pistas sobre as condições climáticas do Planeta Vermelho.

Em comunicado, citado pelo Europa Press, os cientistas revelam que o mapeamento de depósitos de rochas sedimentares na região dos Valles Marineris de Marte mostra evidências claras de litificação preservada (conversão em rocha sedimentar) e soterramento de campos de dunas.

Apesar de as dunas de areia serem comuns no Planeta Vermelho, a maioria dos depósitos desgasta-se com a erosão. De acordo com o artigo científico, publicado recentemente no Journal of Geophysical Research Planets, estes campos de dunas petrificados têm cerca de mil milhões de anos.

“Identificamos e mapeamos extensos campos de dunas nos desfiladeiros de Valles Marineris que mostram evidências claras de litificação e soterramento. Este nível de preservação é raro para dunas de areia terrestres devido à erosão contínua e tectónica”, explicou Matthew Chojnacki, do Planetary Science Institute.

“Com base nas relações do depósito de dunas com outras unidades geológicas e taxas de erosão modernas, estimamos que tenham aproximadamente mil milhões de anos. Devido ao tamanho e arranjo espacial das dunas, que não são muito diferentes dos equivalentes modernos, sugerimos que o clima e a pressão atmosférica foram semelhantes aos de Marte contemporâneo”, acrescentou o investigador em comunicado.

Os campos de dunas encontrados nos Valles Marineris, revelam, “com a sua complexa variedade de formas de relevo, grau de preservação e contexto, a riqueza da geologia regional”.

ZAP //

Por ZAP
10 Outubro, 2020