1657: Cápsula Crew Dragon chegou com mantimentos à Estação Espacial Internacional

A cápsula espacial Crew Dragon, da empresa SpaceX, chegou à Estação Espacial Internacional, um dia depois de descolar de Cabo Canaveral, na Florida, numa viagem de teste do programa comercial da NASA.

“Após 18 órbitas à Terra desde o seu lançamento, a nave espacial Crew Dragon uniu-se com êxito à estação espacial através de um acoplamento suave, enquanto a estação viajava a norte da Nova Zelândia”, explicou a agência espacial norte-americana, NASA, na rede social Twitter.

A Crew Dragon trouxe 180 quilos em mantimentos para os astronautas que se encontram na estação espacial.

Os três astronautas da estação acompanharam da “primeira fila” a acoplagem da cápsula, por enquanto não tripulada, que foi o primeiro veículo espacial de fabrico norte-americano concebido para viagens com humanos a chegar à estação em oito anos.

NASA

@NASA

Capture confirmed! After making 18 orbits of Earth since its launch, @SpaceX’s #CrewDragon spacecraft successfully attached to the @Space_Station via “soft capture” at 5:51am ET while the station was traveling just north of New Zealand. Watch: https://www.nasa.gov/nasalive 

Se a missão de teste de seis dias correr bem, a SpaceX, do empresário Elon Musk, poderá lançar dois astronautas este verão, ao abrigo do programa comercial tripulado da agência espacial norte-americana, NASA.

Por enquanto, o único passageiro do Crew Dragon foi um manequim de teste, ao qual foi dado o nome de Ripley, uma referência à personagem da saga de filmes “Alien”, do realizador Ridley Scott.

A NASA virou-se para empresas privadas, a SpaceX e a Boeing, financiando-as com cerca de 8 mil milhões de dólares, para que construam e operem novas cápsulas para transporte de astronautas de e para a estação espacial.

Jornal de Notícias
2019-03-03 12:31

 

1640: NASA dá luz verde à SpaceX para novo teste em Março

Fonte: SpaceX

A NASA deu permissão à empresa de exploração espacial SpaceX, para fazer um teste à cápsula Dragon, no início do mês de Março.

A cápsula Dragon tem uma missão importante: será o componente que terá a responsabilidade de albergar a tripulação. No início do mês, tornou-se público que a SpaceX, uma das empresas de Elon Musk, tinha sido obrigada a adiar o teste desta cápsula – pela segunda vez.

Já tinha sido noticiado que um novo teste poderia ser feito no dia 2 de Março, mas agora a NASA oficializou esta demonstração, tendo já também marcado uma hora para este teste. Esta demonstração será feita a partir de Cabo Canaveral, na Florida, nos Estados Unidos, às 7h48 (hora de Portugal continental).

Caso este teste seja bem sucedido, a cápsula estará mais próxima de conseguir levar uma tripulação até à Estação Espacial Internacional. Por agora, este teste será feito sem tripulação, para perceber como é que a cápsula e os comandos respondem nesta primeira fase.

Após os testes sem tripulação, a SpaceX terá ainda de cumprir um teste de voo, já com tripulação, para conseguir atingir uma certificação fornecida pela NASA, antes de ter missões com diferentes equipas. Afinal, o grande objectivo da SpaceX é o de conseguir colocar turistas no espaço.

As incríveis promessas de Elon Musk para 2019, da Tesla ao espaço

Diário de Notícias
Segunda-feira, 25 Fevereiro 2019
Cátia Rocha

 

737: Uma Dragon da SpaceX foi à Estação Espacial levar gelado e café bem forte

NASA Johnson / Flickr

Esta segunda-feira, uma cápsula Dragon da Space X chegou à Estação Espacial Internacional (EEI) com quase 3 toneladas de suplementos para os astronautas, incluindo café bem forte, mirtilos do Texas e uma surpresa especial: barras de gelado.

Através de um braço robótico, os astronautas da Estação Espacial Internacional capturaram a Dragon da Space X, carregada com um lote de Death Wish Coffee, conhecido como “o café mais forte do mundo“.

“Gostamos de manter os nossos astronautas super cafeinados”, disse Kirk Shireman, director do programa da estação espacial da NASA, brincando com este assunto. Esta inovação na “ementa” deve-se, ma verdade, ao facto de quererem dar aos astronautas uma guloseima diferente e completamente nova.

Mas este assunto não é brincadeira. A comida de um astronauta é extremamente importante dado que é um enorme benefício psicológico. “Quando vivemos num ambiente fechado, comemos o mesmo menu repetidamente. Esta é uma forma de ter algo diferente, um verdadeiro deleite”, sustenta Kirk.

Os mirtilos do Texas não são novidade. Esta fruta faz parte de uma carga tradicional de frutas e legumes frescos que compõem 2,700kg dos suplementos transportados para a Estação Espacial pela Dragon. Já o gelado é especial.

Cerca de 1,700kg a bordo da Dragon são totalmente dedicados à ciência. Ainda assim, sobre um espaço na área dos congelados para uma surpresa especial: barras de gelado para os astronautas.

Além do presente, foram também levadas para o espaço novas plantas, como alface e mostarda wasabi, além de uma tecnologia para testar de que forma as algas poderiam servir como uma potencial fonte de alimento.

O Dragon levou também uma tecnologia de micro-gravidade que irá testar a eficácia de medicamentos para tratamento do cancro, assim como uma peça de hardware que será montada no exterior da EEI para acompanhar como é que as plantas respondem ao stress térmico e à falta de água.

E, finalmente, o CIMON, um robô criado de raiz para ajudar os astronautas da Estação Espacial Internacional a completar tarefas.

A chegada da Dragon marcou a 15.ª missão de entrega da SpaceX na Estação Espacial Internacional. Antes de voltar à Terra, a cápsula permanecerá ligada à EEI durante um mês.

ZAP //

Por ZAP
6 Julho, 2018

[SlideDeck2 id=1476]

[powr-hit-counter id=486a8fda_1530869605286]

See also Blog