440: NASA financia projecto para levar abelhas robóticas a Marte

danelu / Flickr
Uma vespa asiática (Vespa velutina) ataca uma abelha

É esperado que as abelhas marcianas substituam os rovers como veículos primários de exploração e possibilitem estudos mais detalhados e extensos do planeta vermelho.

A NASA financia o desenvolvimento de um enxame de insectos robóticos que espera enviar para Marte, numa missão dirigida a explorar cantos e gretas inacessíveis par o planeta vermelho.

A agência espacial dos Estados Unidos afirma que essas máquinas, conhecidas como “marsbees” – uma mistura das palavras “mars” (Marte) e “bees” (abelhas) -, terão aproximadamente o tamanho de uma abelha, mas com asas do tamanho de uma cigarra, o que lhes permitirá voar na atmosfera ultra-fina do planeta, descreve a RT.

As abelhas estarão equipadas com sensores e dispositivos sem fios para mapear e digitalizar potenciais sinais de vida.

Espera-se que os “marsbees” substituam os rovers como veículos primários de exploração e conduzam a estudo mais detalhados e extensos sobre Marte.

Os rovers operam actualmente na superfície do planeta e movem-se muito lentamente. Sob o plano “marsbees”, só será necessário um rover para servir como ponto de carga para os novos robôs.

O projecto encontra-se actualmente na sua primeira fase, com cientistas concentrados no desenho de asas, movimentos e peso para que depois possam flutuar e mover-se na atmosfera marciana.

Para isso, o rendimento aerodinâmico destas máquinas será testado numa câmara de vácuo na qual a densidade do ar será 100 vezes mais ligeira do que a da Terra.

ZAP //

Por ZAP
5 Abril, 2018

[vasaioqrcode]

[SlideDeck2 id=1476]

[powr-hit-counter id=6bff4b6c_1522971096857]