1742: Asteróide passa esta sexta-feira entre a Terra e a Lua

(CC0/PD) Bibbi228 / pixabay

Um asteróide de grandes dimensões, recentemente descoberto, voará esta semana a uma distância relativamente próxima da Terra, avança o o Centro de Estudos de Objectos Próximo da Terra da agência espacial norte-americana.

O asteróide, designado como 2019 EA2, foi visto pela primeira vez em 9 de Março de 2019, revela o Centro da NASA na sua página oficial.

Segundo calcularam os cientistas, a aproximação mais próxima ao nosso planeta ocorrerá no dia 22 de Março, quando o corpo celeste passará a uma distância de 306.171 quilómetros da Terra, ou seja, estará mais próximo da órbita da Lua.

Estimativas preliminares revelam que o tamanho do asteróide estará entre 18 a 40 metros. De acordo com as observações, a velocidade do asteróide em relação à Terra é bastante reduzida: são “apenas” 5,37 quilómetros por segundo.

Especialistas da agência espacial norte-americana apontam que esta será a abordagem mais próxima do asteróide 2019 EA2 à Terra em 112 anos. A próxima aproximação está ao nosso planeta está “marcada” para Março de 2131.

Massimo @Rainmaker1973

Newly discovered asteroid #2019EA2 (diameter ~ 30 m) will have a close encounter with Earth on March 22, 2019 at 01:54 UT flying at a distance of 0.80 LD or ~305,000 km / 189,600 miles) https://buff.ly/2TVIYr2 

O director científico do Instituto de Astronomia da Academia Russa de Ciências, Boris Shustov, considerou que o asteróide 2019 EA2 é algo “comum” para os astrónomos profissionais, segundo revelou a RIA Novosti.”Para nós, não é um evento [excepcional], mas antes um fenómeno comum”, disse o cientista.

“Corpos com 10 a 60 metros de tamanho voam mais perto [da Terra] do que a órbita da Lua vezes por ano, são corpos grandes, e os menores voam com mais frequência (…) Se tivesse voado 20.000 quilómetros, seria interessante”, rematou Shustov.

ZAP // Russia Today

Por ZAP
21 Março, 2019