2896: NASA continua à procura, mas ninguém sabe onde está a sonda indiana que chegou à Lua

CIÊNCIA

EPA

A missão Chandrayaan-2 da agência espacial indiana incluía colocar uma sonda à superfície da Lua. Poucos momentos antes de tocar o solo, perdeu-se o contacto e a Vikram não foi ainda encontrada.

A Indian Space Research Organization (ISRO) tentou colocar a sonda Vikram à superfície da Lua a 6 de Setembro, mas, poucos momentos antes da alunagem, perdeu o contacto com a nave. A NASA, com o Lunar Reconnaissance Orbiter, tentou procurar a sonda indiana em meados de Setemrbo. Agora, o LRO passou novamente pelo local a 14 de Outubro, encontrou melhores condições de luminosidade, mas continua sem vislumbrar a Vikram, noticia a Cnet. O método de procura passa pela comparação entre as novas imagens captadas pela câmara com as imagens captadas antes da chegada da sonda, uma abordagem que serviu, por exemplo, para encontrar a sonda israelita Beresheet em Abril.

O comunicado da NASA sugere que a sonda Vikram possa estar fora do perímetro de buscas ou numa zona de sombras.

A equipa indiana continua a missão, com a Chandrayaan-2 a continuar a analisar a Lua.

Exame Informática
23.10.2019 às 20h30

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.