2795: Extinção em pixeis: estes são os animais ameaçados

CIÊNCIA

Os animais são quem mais tem sofrido com a questão das alterações climáticas. A cada dia que passa, mais uma espécie fica ameaçada de extinção.

Em 2008, o World Wildlife Fund juntou-se a uma agência de publicidade japonesa para criar uma campanha para alertar para este problema. A campanha usava fotografias de espécies em vias de extinção e, nestas imagens, cada pixel representava o número de animais que ainda existiam na natureza.

A campanha tinha como objectivo sensibilizar a população para o crescente desaparecimento de algumas espécies. Agora, e mais de uma década depois, as informações não estão actualizadas.

Por esse motivo, o programador Joshua Smith decidiu recriar a ideia, mas com dados dos últimos anos disponibilizados pelo Animal Planet. O novo conjunto de imagens, que para Joshua não passou de um “desafio de programação”, rapidamente se espalhou pela Internet.

“Cada pixel é um animal. Quanto mais pixelizada a imagem, mais próxima está a espécie da extinção”, escreveu o programador no título da galeria de imagens, que pode ser encontrada aqui.

Segundo o Público, as imagens não são totalmente fidedignas. A fotografia do leopardo-de-amur, por exemplo, tem apenas 49 pixeis, mas a lista do Animal Planet refere que existem pelo menos 60 exemplares da espécie.

Nos comentários, Joshua Smith explica que tentou criar uma imagem quadrada “o mais perfeita possível” usando apenas a proporção 7×7 ou 8×8. “Oito vezes oito dá 64. Como não conseguia atingir o número certo, achei melhor subestimar do que sobrestimar.”

ZAP //

Por ZAP
7 Outubro, 2019

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.