2007: Astrónomos encontram módulo lunar da Apolo 10 meio século depois

InSapphoWeTrust / Wikimedia
Módulo de comando da Apolo 10, apelidado de Charlie Brown.

Cinquenta anos depois da missão Apolo 10, cientistas encontraram o seu módulo lunar, que andou deriva a poucos quilómetros da superfície da Lua.

O módulo lunar conhecido como “Snoopy” foi encontrado em órbita a pouco mais de 15 quilómetros de distância da Lua, por onde tem navegado à deriva desde os últimos 50 anos.

O módulo foi utilizado pela missão Apolo 10 — a que antecedeu o pouso de Neil Armstrong e Buzz Aldrin no solo Lunar em 1969 —, tendo sido dispensado após ajudar os astronautas Thomas P. Stanfford e Eugene A. Cernan a recolherem e analisarem dados de navegação que viriam a ser usados na histórica missão seguinte.

A procura pelo módulo perdido já durava há cerca de 10 anos e estava ser conduzida pela Royal Astronomical Society britânica, coordenada por Nick Howes e diversos técnicos que participaram das missões Apolo.

Originalmente, o Snoopy foi conduzido pela Apolo 10 a dez quilómetros de distância do solo lunar, onde cumpriu a recolha de dados de navegação e se juntou ao seu módulo principal, conhecido como “Charlie Brown“.

Ao contrário de outras missões que envolveram esta tecnologia, o Snoopy não foi abandonado em direcção à Lua, permanecendo às voltas na sua órbita pelas últimas cinco décadas.

Agora, especialistas argumentam que o Snoopy pode e deve ser recuperado e trazido de volta à Terra, para que a NASA conduza estudos de exposição prolongada à órbita da Lua e, com isso, implemente novos recursos em missões futuras espaciais tripuladas.

ZAP // Canaltech

Por CT
18 Maio, 2019



[vasaioqrcode]

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *