585: Fotografia lunar

 

Chegou hoje um dovetail de 33cm que irá servir futuramente para a montagem azimutal SW AZ-PRONTO, tratada neste artigo. Por enquanto, será utilizado na montagem equatorial SW EQ3-2.

Este dovetail tem uma rótula Genesis ABH-36 e uma cabeça articulada Gloxy Z onde a câmara é acoplada.

[vasaioqrcode]

See also Blogs Spacenews and Lab Fotográfico

543: Cabeça articulada Gloxy Z

 

Já vem a caminho. Uma mais valia para manobrar câmaras fotográficas sobre rótulas e tripés.

  • Cabeça articulada de dois eixos
  • Obtenha movimentos e posições inimagináveis
  • Ideal para vídeos ou fotografia
  • Consiga ângulos impossíveis com uma cabeça normal
  • Fácil de configurar, sem botões ou pressões
  • Com uma capacidade de carga de até 3 kg

A nova cabeça articulada Gloxy Z traz inovação ao seu trabalho, obtendo maior liberdade de movimento sem a necessidade de articulações esféricas caras, apenas com seu sistema de articulação, que permitirá maior versatilidade, combinada numa cabeça compacta.

Características:

  • Cabeça articulada Gloxy Z com dois eixos de articulação
  • Consegue posições impossíveis com outras cabeças
  • Pode colocá-lo no seu tripé, slider ou qualquer estabilizador
  • Também pode trabalhar em superfícies planas, sem a necessidade de um tripé
  • Conexão de rosca inferior para tripé de 1/4″ e 3/8″
  • Também possui conexões laterais para integrar outros acessórios
  • Uma conexão com rosca de 1/4″ para a sua câmara que permite uma configuração livre
  • Possui borracha antideslizante na parte da câmara e no fundo para uma óptima aderência
  • Posicione a sua câmara verticalmente, com angulação intermitente, ou até mesmo levante sua câmara
  • Feito de liga de alumínio, tem um corpo leve e compacto

[vasaioqrcode]

[SlideDeck2 id=1831]

[powr-hit-counter id=9dee8983_1532532015910]

See also Blog

533: Filtro Baader Neodymium & IR-Cut 1,25′

 

Hoje encomendei um Filtro Baader Neodymium & IR-Cut 1,25′ para utilizar com os telescópios nas minhas sessões fotográficas lunares. Devido à extrema poluição luminosa (PL), aliada a enorme poluição ambiental (PA) que tenho na minha zona de residência, além de possuir um filtro polarizante variável, um ND 0.9 e outros dois planetários, vou experimentar este filtro para ver se resulta numa melhor produção fotográfica.

Segundo informação do fabricante, este é um filtro de contraste e redução de poluição luminosa. A Baader desenvolveu um novo filtro de cristal de neodímio, o qual filtra adequadamente as longitudes de ondas específicas que emitem as luzes artificiais e o brilho de fundo do céu provocado pela Lua. Estas características do cristal de neodímio, proporcionam um elevado contraste cromático, permitindo o máximo de transmissão de luz correspondente aos objectos de céu profundo.

Possivelmente este filtro chegará na próxima terça-feira.

[vasaioqrcode]

[SlideDeck2 id=1831]

[powr-hit-counter id=55f8164d_1532218922184]

See also Blog

493: Colimador Orion LaserMate Deluxe II

Adquirido a um amigo de um Grupo de Astronomia, chegou hoje este colimador Orion que servirá, quando necessário, para o Celestron Astromaster 130/650 que chegará para a próxima semana de 9 de Julho.

Fica o vídeo do desembalar do colimador:

[vasaioqrcode]

[SlideDeck2 id=1831]

[powr-hit-counter id=cba79771_1530276220114]

413: Sessão lunar 26.Abr.2018

 

Actualização a 27042018@03:00 a.m.: captação lunar com a Nikon Coolpix L120:

26042018@21:00: céu ainda com claridade diurna, a próxima exposição será por volta das 03:30 a.m. mas não sei se vou ter disposição para tal dado que, como disse ontem, a luminosidade da Lua está a aumentar (85%), dissipando o relevo das crateras lunares e esta fase não é a melhor para fotografar. Ficam aqui uns tiros que efectuei pelas 21:00 horas:

[vasaioqrcode]

[SlideDeck2 id=1831]

[powr-hit-counter id=10e3fa41_1524785728421]

 

1,25″ Dielectric star Diagonal

 

Através do Grupo Compra/venda-Astronomia Ibérica do Facebook, consegui uma diagonal dieléctrica 1,25″ Canadian.- telescopes.com, como nova. Se o tempo permitir, logo de madrugada vou testá-la com os SkyWatcher ∅80/400mm e ∅127/1500mm.

No Piggyback do SW 80/400mm, instalei uma rótula de bola Genesis ABH-36, modelo Arca-Swiss, com sistema duplo de nível de borbulha, que já tinha, para dar mais rapidez, segurança e fiabilidade ao conjunto Canon 760D + tele-objectivas. Esta rótula pesa 365 gramas.

Actualmente e depois de ter desistido (temporariamente) do refractor Bresser-Messier AR 102/1000mm, o actual setup para fotografia lunar via telescópios, será este:

Mas também vou fazer prevalecer a fotografia lunar via super tele-objectivas Samyang, como já fazia antes de ter os telescópios. O setup do Mak 127/1500mm, do refractor 80/400mm e da DSLR poderá parecer exagerado para quem não está habituado a este tipo de configurações, mas podem crer que, este tipo de setup, é o chamado 3 em 1, ou seja, com uma montagem equatorial, tenho 3 fontes de captura perfeitamente alinhadas, sem ter de andar à procura da Lua com cada uma delas.

[vasaioqrcode]

[SlideDeck2 id=1831]

[powr-hit-counter id=ffde0e13_1524743746735]

 

410: Sessão lunar 24.Abr.2018

 

24042018@23:55: céu com alguma nebulosidade, prejudicando uma imagem nítida e precisa. Foram utilizados o refractor SkyWatcher ∅80/400mm, o reflector SkyWatcher Maksutov ∅127/1500mm e a câmara Nikon Coolpix L120. Penso que abandonei de vez o reflector Bresser-Messier ∅102/1000mm a não ser quando chegar o Verão e possa testar no meu backyard, mas já com um novo tripé SW EQ-5 ou Omegon EQ-500.

Imagens acima obtidas com:

  • Câmara Canon EOS 760D
  • Disparador remoto Canon RS-60E3
  • Telescópio SkyWatcher reflector Maksutov ∅127/1500mm
  • Telescópio SkyWatcher refractor ∅80/400mm
  • Montagem Equatorial SW EQ3-2 com 2 contrapesos Baader 2kg na dovetail
  • DX steel tube field tripod for astronomical mounts – Vixen Level
  • Buscador Skywatcher 9×50 com retícula iluminada
  • Filtro planetário #8
  • Filtro Explore Scientific ND-0.9 1,25″
  • Diagonal dieléctrica GSO 90º 2″
  • Ocular de projecção GSO CPL Super Plossl ∅42mm 2″
  • Ocular Super Ortho ∅26mm 1.25″
  • Ocular Vixen ∅25mm 1.25″
  • Anel T2 de baixo perfil e anel T2 standard

Imagens acima obtidas com:

  • Câmara Canon EOS 760D
  • Disparador remoto Canon RS-60E3
  • Telescópio SkyWatcher refractor ∅80/400mm
  • Montagem Equatorial SW EQ3-2 com 2 contrapesos Baader 2kg na dovetail
  • DX steel tube field tripod for astronomical mounts – Vixen Level
  • Buscador Skywatcher 9×50 com retícula iluminada
  • Filtro planetário #8
  • Filtro Explore Scientific ND-0.9 1,25″
  • Anel T2 de baixo perfil e anel T2 standard

Imagens acima obtidas com:

  • Câmara Nikon Coolpix L120
  • Piggyback do SW Mak ∅127/1500
  • Montagem Equatorial SW EQ3-2 com 2 contrapesos Baader 2kg na dovetail
  • DX steel tube field tripod for astronomical mounts – Vixen Level

[SlideDeck2 id=1831]

[powr-hit-counter id=ca1019f5_1524617204588]

 

408: Anel T2 de baixo perfil

 

Chegou hoje o anel T2 de baixo perfil para encurtar a distância que medeia entre o focador dos refractores SkyWatcher ∅80/400mm e o Bresser-Messier ∅102/1000mm dado que foco lunar… difícil mesmo! Não sei se é da Canon, se é dos refractores, o certo é que com o SW Mak (catadióptrico) ∅127/1500mm nunca tive qualquer problema de foco, utilizasse as diagonais e oculares que usasse, Fica um pequeno vídeo explicativo para quem tenha o mesmo problema que eu, embora e apenas na próxima sessão lunar possa testar se resulta ou não.

[vasaioqrcode]

[SlideDeck2 id=1831]

[powr-hit-counter id=8abeeb2c_1524490533213]

 

404: Sessão lunar 19.Abr.2018

 

19042018@19:50: Céu com alguma nebulosidade a preparar-se para um fim-de-semana de chuva, seguindo os meteorologistas de serviço. Hoje, consegui testar os três tubos ópticos e o resultado foi este:

Imagens acima obtidas com:

  • Câmara Canon EOS 760D
  • Disparador remoto Canon RS-60E3
  • Telescópio SkyWatcher refractor ∅80/400mm
  • Telescópio Bresser-Messier AR refractor ∅102/1000mm
  • Telescópio SkyWatcher Maksutov ∅127/1500mm
  • Montagem Equatorial SW EQ3-2 com 2 contrapesos Baader 2kg na dovetail
  • DX steel tube field tripod for astronomical mounts – Vixen Level
  • 2 tubos extensores Bresser-Messier
  • Buscador Skywatcher 9×50 com retícula iluminada
  • Ocular Kson 4mm Super Ortho ∅1,25″ em projecção fotográfica
  • Ocular GSO CPL 42mm ∅2″ em projecção fotográfica com extensor variável
  • Diagonal dieléctrica GSO 90º  2″
  • Filtro planetário #8
  • Filtro Explore Scientific ND-0.9 1,25″

[vasaioqrcode]

[SlideDeck2 id=1831]

[powr-hit-counter id=69ced76d_1524174943657]

 

402: Sessão lunar 18.Abr.2018

18042018@19:35: céu com ligeira nebulosidade, luz de dia, Lua em 10%, com pouca superfície de visão. Foram novamente testados os refractores Bresser-Messier 102/1000 e SkyWatcher 80/400 com muitas limitações dado que preciso de intrafoco e não tenho. Terminei a sessão com o SkyWatcher Maksutov 127/1500 e neste tubo não tenho, nem nunca tive, qualquer tipo de problemas. Pena serem tão onerosos a partir deste formato. Ficam as imagens:

Imagens acima obtidas com:

  • Câmara Canon EOS 760D
  • Disparador remoto Canon RS-60E3
  • Telescópio SkyWatcher refractor ∅80/400mm
  • Telescópio Bresser-Messier AR refractor ∅102/1000mm
  • Telescópio SkyWatcher Maksutov ∅127/1500mm
  • Montagem Equatorial SW EQ3-2 com 2 contrapesos Baader 2kg na dovetail
  • DX steel tube field tripod for astronomical mounts – Vixen Level
  • 2 tubos extensores Bresser-Messier
  • Buscador Skywatcher 9×50 com retícula iluminada
  • Ocular Kson 4mm Super Ortho ∅1,25″ em projecção fotográfica
  • Ocular GSO CPL 42mm ∅2″ em projecção fotográfica com extensor variável
  • Diagonal dieléctrica GSO 90º  2″
  • Filtro planetário #8
  • Filtro Explore Scientific ND-0.9 1,25″

[vasaioqrcode]

[SlideDeck2 id=1831]

[powr-hit-counter id=09ec57f0_1524093267486]