O poder das bagas

[Total: 0    Average: 0/5]

O poder das bagas e das sementes

Para consumir cruas ou cozinhadas, ao longo de todo o dia

Semear à mesa para colher saúde

Afastadas durante muito tempo da mesa das sociedades ocidentais, a utilização das sementes numa alimentação que se quer rica, equilibrada e variada tem vindo a ganhar cada vez mais adeptos. Fonte de proteínas, fibras, minerais e vitaminas, com reconhecidas propriedades antioxidantes, diuréticas ou anti-inflamatórias, muitas destas sementes são consideradas como verdadeiros super-alimentos, tendo também um papel importante na redução e controlo do peso.

Precisamente por serem extremamente ricas em fibras, as sementes favorecem a libertação de toxinas acumuladas no organismo através dos intestinos, combatendo a retenção de líquidos em excesso e, consequentemente, a diminuição e manutenção do peso corporal.

Para consumir cruas, polvilhadas em saladas e iogurtes ou cozinhadas em refogados, guisados e sopas, entre outras opções, sementes como a chia, a linhaça, o sésamo, o girassol, a abóbora, o cânhamo, a quinoa ou as bagas goji, estimulam a mastigação e, consequentemente, aumentam a sensação de saciedade durante muito tempo.

Chia

chia150Originárias do México, onde eram utilizadas como alimento pelos povos das antigas civilizações da América Central, as sementes de chia são ricas em fibras, proteínas, anti-oxidantes, vitaminas, minerais e ómega 3. De sabor ligeiramente adocicado, estas sementes não necessitam de ser cozinhadas, podendo ser utilizadas diariamente em saladas, sopas, pão, bolos, sumos naturais e batidos.

Linhaça

linhaca150 Originária da Ásia, as sementes de linhaça são uma das maiores fontes vegetais de ómega 3. Devido ao seu alto teor de fibras, são aconselhadas para estimular a função intestinal, prevenindo igualmente o aparecimento do mau colesterol e o desenvolvimento das doenças cardiovasculares. Muito utilizadas em receitas de pão, estas sementes devem ser consumidas trituradas para uma mais fácil digestão, em sopas, sumos, batidos e papas de aveia, em doses nunca superiores a duas colheres de sopa por dia.

sesamo150Sésamo

Ricas em cálcio, fósforo, ferro e vitaminas do complexo B, as sementes de sésamo ajudam a regular o trânsito intestinal e favorecem o bom funcionamento do sistema nervoso central, ao mesmo tempo que previnem o desenvolvimento das doençlas ósseas. São normalmente usadas em receitas de pão, saladas e alimentos panados, entre carne, peixe e legumes, conferindo-lhes uma textura crocante.

(em construção … …)

Leave a Comment