1765: Moulinex Cuisine Companion

[Total: 0    Average: 0/5]

Hoje não há receita mas uma informação que talvez interesse a quem ainda não possua um robot de cozinha. Esta notícia vem no Dinheiro Vivo online e vou transcrevê-la:

Robot de cozinha líder tem novo concorrente e portugueses nova “obsessão”, por 699 euros

O novo robot à venda na Worten D.R.
O novo robot à venda na Worten
D.R.

Bimby tem novo concorrente. Moulinex Cuisine Companion

O robot de cozinha alemão que se tornou “uma obsessão no país mais pobre da Europa Ocidental”, segundo o Wall Street Journal, tem novo concorrente. Chama-se Cuisine Companione é lançado pela Moulinex.

À vendas nas lojas Worten, por 699 euros (com possibilidade de pagamento 24 vezes, sem juros), Cuisine Companion permite preparar desde a entrada à sobremesa. Permite cortar, picar, triturar, cozer, saltear, amassar, emulsionar, cozinhar a vapor e bater claras em castelo.

Fácil de utilizar, o robot tem seis programas automáticos no painel de controlo de forma intuitiva: Molhos, Sopas, Cozedura Lenta, Vapor, Massas e Sobremesas.

Com capacidade para 4,5 litros, a Moulinex Cuisine Companion  faz comida que dá para até seis pessoas. E  traz um livro de receitas, cinco acessórios e uma colher de silicone. Ver aqui apresentação completa do robot.

Este é mais um lançamento depois de uma espécie de “febre” iniciada em Setembro do ano passado, com a Yämmi (349 euros), lançada pelo Continente. Na mesma altura, o Pingo Doce anunciou o seu Chef Express, mas, mesmo em cima do Natal, veio dizer que o momento não era o mais apropriado para o lançamento.

Leia também:
Pingo Doce já não lança robot de cozinha este ano

De facto, o mercado assistia então à chegada de várias marcas. Foi o caso da Ladymaxx Gourmet (239,90 euros) à venda no Aldi; da Cookii (249 euros), lançada pela Flama; ou Cooksy (800 euros), vendida pela empresa Ideia casa, e anunciada na televisão por Filipa Vacondeus.

Todas mais baratas do que a líder Bimby (966 euros), que custa mais do dobro do salário mínimo nacional, segundo destaca o jornal norte-americano. O que não impediu que os portugueses tivessem comprado mais de 35 mil destes robots em 2013, sendo previsão da empresa vendedora, a Vorwerk, 8% dos 3,7 milhões de lares portugueses venham a ter uma Bimby até ao final deste ano.

Leia também: Guerra das ‘Bimbys’: “A concorrência é natural e salutar”

Isso mesmo refere o Wall Street Jornal: “É uma máquina multitask que vende mais do que os últimos iPads em Portugal e que é mais popular no Facebook do que a banda de rock [Xutos & Pontapés] mais conhecida do país.”

Foi, pois, com o olho nesta “obsessão” que agora também a Moulinex lançou a Cuisine Companion. No entanto, ficou de fora do teste da Deco a estes produtos. Ler aqui.

Famosa pela picadora 1-2-3 (anos 90) ou a iogurteira (anos 80), a Moulinex regressou em 2011 a Portugal depois de ter sido forçada por Bruxelas a uma carência de dez anos por causa de posição dominante, depois de ter sido comprada pelo SEB, empresa dona da Rowenta, Tefal e Krups.

MoulenexCuisineCompanion

17/03/2014 | 13:41 | Dinheiro Vivo