1081: Delícia de Gelatina de Ananás com Mousse e Natas

[Total: 0    Average: 0/5]

Ingredientes:

– 1 embalagem de gelatina Royal de ananás (2 pacotes)
– 150 g de açúcar
– 200 g de chocolate em barra Pingo Doce
– 100 g de manteiga Mimosa
– 5 ovos
– 2 dl de natas para bater
rolinhos de cacau magro Vahiné q.b.

Preparação:

1.- Prepare a gelatina conforme as instruções da embalagem (dois pacotes), deite para um recipiente fundo e leve ao frigorífico até solidificar.
2.- Parta o chocolate em pedaços pequenos, deite-os para um recipiente próprio, junte a manteiga e leve a derreter em banho-maria, mexendo sempre (também pode fazer esta fase no microondas). Retire do lume (ou do microondas), adicione 75 g do açúcar e as gemas, mexendo continuamente e deixe arrefecer.
3.- À parte, bata as claras em castelo firme (Speedy-Chef) com mais 75 g do açúcar e envolva-as suavemente na mistura do chocolate. Verta este preparado por cima da gelatina solidificada e leve ao frio por mais 10 minutos.
4.- Na Speedy Chef (ou numa tigela), batas as natas em chantilly bem firme. Disponha-as por cima da mousse e leve mais uma vez ao frigorífico até ficar firme. Na hora de servir, decore a gosto, por exemplo, com rolinhos de cacau magro da Vahiné.

Nota do Apok@lypsus:

– Uma preparação Apok@lypsus, baseada numa receita da revista Tele Culinária nº. 1633, de Agosto de 2010.
– Tempo: 60’ + tempo de frio
– Para x 12


© 15.Ago.2010

Esta receita fica totalmente pronta depois de estabilizar 24 horas no frigorífico para solidificar as natas e a mousse.

A sequência da receita pode ser vista AQUI

[SlideDeck id=’4768′ width=’100%’ height=’300px’]

1078: Delícia de Gelatina de Morango com Mousse

[Total: 0    Average: 0/5]

Ingredientes:

– 1 embalagem de gelatina de morango (2 pacotes)
– 250 g de açúcar
– 200 g de chocolate em barra Pantagruel
– 100 g de manteiga Mimosa
– 5 ovos
– 3 dl de natas para bater

Preparação:

1.- Prepare a gelatina conforme as instruções da embalagem (dois pacotes), deite para um recipiente fundo e leve ao frigorífico até solidificar.
2.- Parta o chocolate em pedaços pequenos, deite-os para um recipiente próprio, junte a manteiga e leve a derreter em banho-maria, mexendo sempre (também pode fazer esta fase no microondas). Retire do lume (ou do microondas), adicione 75 g do açúcar e as gemas, mexendo continuamente e deixe arrefecer.
3.- À parte, bata as claras em castelo firme (Speedy-Chef) com mais 75 g do açúcar e envolva-as suavemente na mistura do chocolate. Verta este preparado por cima da gelatina solidificada e leve ao frio por mais 10 minutos.
4.- Na Speedy Chef (ou numa tigela), batas as natas em chantilly bem firme, adicionando o restante açúcar. Disponha por cima da mousse, alise e leve mais uma vez ao frigorífico até ficar firme. Na hora de servir, decore a gosto, por exemplo com uma mistura de chocolate e bolacha ralados.

Nota do Apok@lypsus:

– Uma preparação Apok@lypsus, baseada numa receita da revista Tele Culinária nº. 1633, de Agosto de 2010.
– Tempo: 60’ + tempo de frio
– Para x 12


© 15.Ago.2010

Esta receita fica totalmente pronta depois de estabilizar 24 horas no frigorífico para solidificar as natas e a mousse.

A sequência da receita pode ser vista AQUI

[SlideDeck id=’4768′ width=’100%’ height=’300px’]

1061: Mousse de Pêssego com Hortelã

[Total: 0    Average: 0/5]

Ingredientes:

– 3 pêssegos grandes e maduros
– 4 iogurtes Magros de Pêssego em Pedaços
– 5 folhas de gelatina
– 4 folhas de hortelã
– 2 claras de ovo
– 2 colheres de sopa de açúcar

Preparação:

1.- Coloque as folhas de gelatina de molho em água fria. Descasque os pêssegos, tire-lhes os caroços, reserve uma metade, corte as restantes em gomos, deite-os no copo do robot TM31, junte as folhas de hortelã e os iogurtes e triture tudo programando 15 Seg., Vel. 5. Abra o copo e com a ajuda da espátula de silicone, baixe os resíduos das paredes. Programe mais 15 Seg., Vel. 5.
2.- Escorra as folhas de gelatina e derreta-as no microondas durante 10 segundos na potência máxima. Junte-as depois ao creme no copo e programe 15 Seg., Vel. 5.
3.- Bata as claras em castelo (como o copo estava ocupado, bati-as com o Speedy-Chef) até ficarem em espuma, adicione o açúcar e continue a bater até estarem bem firmes.
4.- Retire o creme do copo para um recipiente, adicione aos poucos as claras e mexa delicadamente até envolverem por completo. Divida o creme por taças individuais ou deixe ficar no próprio recipiente e leve ao frigorífico até à hora de servir. Decore com folhas de hortelã e os gomos de pêssego que reservou anteriormente.

Nota do Apok@lypsus:

– Uma preparação Apok@lypsus, baseada numa receita publicada nos folhetos do Pingo Doce – Sabores Mediterrânicos, sob o mesmo nome e adaptada para o robot TM 31.
– Tempo: 30’ – Para x 8/10


© 29.Jul.2010

Quem não tiver o robot TM31, pode utilizar o processo com a varinha mágica

Reportagem passo a passo AQUI

806: Pudim de Frutos Silvestres

[Total: 0    Average: 0/5]

Ingredientes:

– 1 carteira de gelatina de Frutos Silvestres Royal
– 1 embalagem de Frutos Silvestres (congelados) da Iglo
– 3 colheres de sopa de farinha
– 500 ml de leite
– 5 ovos
– 4 colheres de sopa de açúcar

Preparação:

1.- No copo, deite o leite, a farinha, as gemas e o açúcar e programe 15 Seg., Vel. 4. Encaixe a borboleta e programe 8 Min., Temp. 90º., Vel. 4. Verta este preparado para um recipiente e misture a saqueta de gelatina, misturando muito bem até completa dissolução. Reserve.
2.- Depois de lavar e enxugar bem o copo e a borboleta, bata as claras em castelo, a que pode adicionar umas pedrinhas de sal, programando 5 Min., Temp. 37º., Vel. 3 ½.
3.- Junte os Frutos Silvestres da Iglo ao preparado e misture tudo muito bem com a ajuda de uma colher de pau. Incorpore depois as claras em castelo e envolva-as suavemente até completa dissolução no preparado.
4.- Numa forma, passada por água fria, verta o preparado e leve ao frigorífico de um dia para o outro. No dia seguinte, coloque a forma em água quente durante uns segundos e desenforme o pudim para um prato. Desde já aviso que de início fica muito direitinho mas depois abate um pouco…

Nota do Apok@lypsus:

– Uma preparação Apok@lypsus, baseada numa receita da Psychic do Blogue Sítio do Sol, em: NUVEM DE FRUTOS SILVESTRES – PURPLE DAY
– Tempo: 20’ + tempo frigo – Para 8 doses

[Receita confeccionada pel’ O CozinheiroDaTreta em 04.Out.2009]

Reportagem passo a passo em: PUDIM DE FRUTOS SILVESTRES

779: Delícia de Pêssego

[Total: 0    Average: 0/5]

Esta receita já foi publicada AQUI. Conforme mencionei, fiz uma segunda tentativa para tentar melhorar o aspecto visual da produção final mas também não resultou embora saísse mais composta que a primeira versão.

Em 30.Ago,2009, voltei a preparar esta receita de acordo com a nota acima. Embora o resultado visual tivesse melhorado, em termos de estética, também não resultou porque a dada altura, a gelatina de pêssego separa-se da parte de creme de leite condensado. Como nota final, esta sobremesa, apesar destes precalços é deliciosa, disso não tenham dúvidas, se fizerem como da segunda vez, ficará melhor mas é para ser servida de imediato a seguir a ser retirada do frigo, isto no caso de haver visitas. No caso de consumo interno, não se preocupem e tanto faz fazer de uma como de outra forma.

Fica aqui a imagem desta segunda versão, sendo que os procedimentos sõa os mesmos tendo em linha de conta a alteração mencionada na Nota do Apok@lypsus.

[SlideDeck id=’1′ width=’100%’ height=’300px’]

774: Delícia de Pêssego

[Total: 0    Average: 0/5]

Ingredientes:

– 1 pacote de gelatina de Pêssego (2 saquetas)
– 5 pêssegos médios
– 1 lata de leite condensado magro

Preparação:

1.- Prepare a gelatina de pêssego como indicado na embalagem (apenas uma saqueta) e depois deixe-a arrefecer.
2.- Descasque os pêssegos, retire-lhes o caroço, corte-os em pedaços pequenos, deite-os para uma tigela, adicione o leite condensado e misture muito bem.
3.- Adicione depois a gelatina arrefecida, mexa novamente muito bem, deite para uma forma previamente passada por água fria e leve ao frio, para solidificar, até ao dia seguinte.
4.- No dia seguinte, prepare a segunda saqueta de gelatina da mesma forma que a primeira, deixe-a arrefecer bem e verta-a depois por cima da que estava no frigorífico. Leve de novo ao frio até ficar bem solidificado. Depois mergulhe rapidamente a forma em água quente, desenforme cuidadosamente e sirva decorado a gosto. (leia a nota abaixo).

Nota do Apok@lypsus:

– Uma preparação Apok@lypsus, baseada numa receita do Chefe Silva com o mesmo nome.
– Esta receita enferma de um erro que não tendo a ver com ingredientes e quantidades, tem a ver com a produção final, ou seja, a forma de preparar esta Delícia de Pêssego deve ser feita no sentido inverso. Ao colocar a parte mais pesada (leite condensado + pedaços de pêssego) na base da forma, cria-se um peso que, ao desenformar, irá abater a última camada de gelatina que se colocou na forma (ver imagens da reportagem). Por isso, a ordem de entrada na forma será: primeiro a gelatina de pêssego pura (uma saqueta previamente diluída e solidificada) e então por cima desta camada, a segunda camada feita com o leite condensado, a fruta e a segunda saqueta misturada conforme menciona a receita.
Isto faz com que, ao virarmos a forma para desenformar, a parte mais pesada (leite condensado + fruta) fique na base e a parte mais leve (gelatina pura) fica em cima ou na cúpula do doce. Não sei se isto dará certo mas muito brevemente repetirei esta receita desta forma e depois mostrarei os resultados pois não sendo eu um Chefe Silva nem nada que se pareça, também tenho direito à minha opinião e a corrigir o que eventualmente possa estar mal.

– Tempo: 24 horas – Para 8 doses

[Receita confeccionada pel’ O CozinheiroDaTreta em 25/26.Ago.2009]

Reportagem passo a passo em: DELÍCIA DE PÊSSEGO

[SlideDeck id=’1′ width=’100%’ height=’300px’]

735: Frescuras de Laranja

[Total: 0    Average: 0/5]

Ingredientes:

– 6 laranjas grandes
– 7 folhas de gelatina incolor
– açúcar q.b. (caso as laranjas não sejam doces)

Preparação:

1.- Lave bem as laranjas em água corrente. Corte-as bem ao meio e esprema o sumo com um espremedor, deixando a casca intacta.
2.- Coloque o sumo num recipiente. Demolhe a gelatina durante 5 minutos em água fria e depois derreta-a durante cerca de 15 segundos no microondas. Adicione então ao sumo das laranjas, mexendo bem.
3.- Retire os restos da polpa que ainda estejam nas cascas das laranjas e deite o preparado do sumo no seu interior, envolvendo bem.
4.- Leve ao frigorífico até solidificar bem (de um dia para o outro). Corte depois cada metade a gosto e sirva-as bem fresquinhas.

Nota do Apok@lypsus:

– Uma preparação Apok@lypsus, a partir da receita do Blogue da Risonha em: FRESCURAS DE LARANJA.
– Tempo : 15’ + tempo de solidificar – Para 8 doses

[Receita confeccionada pel’ O CozinheiroDaTreta em 12.Jul.2009]

Reportagem passo a passo: FRESCURAS DE LARANJA

[SlideDeck id=’1′ width=’100%’ height=’300px’]

596: Tarte de Nêsperas

[Total: 0    Average: 0/5]

Ingredientes:

– 2 rolos de massa quebrada de compra
– 1,500 kg de nêsperas
– 50 g de amêndoa laminada
– 8 biscoitos de champanhe
– 2 c. sopa de açúcar
– 1 c. sopa de Vinho do Porto
– 8 folhas de gelatina
– açúcar em pó para polvilhar

Preparação:

1.- Corte as nêsperas ao meio e retire-lhes a pele e os caroços (deve ficar com cerca de 800 g de nêsperas limpas).
2.- Deite-as para um tacho, junte o açúcar e o vinho do Porto e leve ao lume durante 15 minutos ou até ficar quase sem molho.
3.- Coloque a gelatina a demolhar em água fria. Retire as nêsperas do lume, junte a gelatina escorrida, misture bem até a gelatina ficar bem dissolvida e deixe arrefecer.
4.- Ligue o forno a 180º. Forre uma tarteira com um dos rolos de massa quebrada, pique o fundo com um garfo e espalhe em cima os biscoitos de champanhe picados grosseiramente. Cubra com a mistura das nêsperas e polvilhe com a amêndoa laminada.
5.- Corte o outro rolo de massa quebrada em tiras e disponha-as por cima. Leve ao forno durante 40 minutos, retire, desenforme e deixe arrefecer. Sirva depois a tarte polvilhada com açúcar em pó.

– Tempo: 80’ – Para 6 doses

[Receita confeccionada em 21.Jun.2008]

[SlideDeck id=’3′ width=’100%’ height=’300px’]

566: Gelatina de Pêssego com Natas

[Total: 0    Average: 0/5]

Ingredientes:

– 1 embalagem de gelatina de pêssego
– 1 lata grande de pêssegos em calda
– 4 dl de natas
– 4 folhas de gelatina

Preparação:

1.- Leve ao lume um tacho com 2,5 dl de água, deixe começar a ferver, retire do lume, deite para uma tigela, junte o pó da gelatina de pêssego e mexa muito bem. Adicione depois 5 dl de água fria e mexa novamente.
2.- Passe uma forma por água fria e verta-lhe a gelatina. Disponha as metades de pêssego escorridas por cima e leve ao frigorífico até solidificar.
3.- Ponha as folhas de gelatina a demolhar em água fria durante 5 minutos. Bata as natas em chantilly, junte-lhe a gelatina previamente derretida, aos poucos e batendo sempre.
4.- Verta para a forma sobre a gelatina com o pêssego e leve de novo ao frigorífico até solidificar bem.
5.- Na hora de servir, desenforme cuidadosamente e decore a gosto.

– Tempo: 20’ + tempo de frio (1 dia) – Para 6 doses

[Receita confeccionada em 03.Set.2008]

563: Panacotta de Hortelã com Molho de Figos

[Total: 0    Average: 0/5]

Ingredientes:

– 600 g de figos frescos
– 150 g de açúcar
– 6 dl de natas
– 1 lata de leite condensado light
– 2,5 dl de leite
– 14 folhas de gelatina
– 1 ramo de hortelã

Preparação:

1.- Ponha as folhas de gelatina a demolhar em água fria. Deite as natas para um tacho, junte o leite, o leite condensado e a hortelã e leve ao lume, mexendo de vez em quando, até ferver.
2.- Retire do lume, rejeite a hortelã, junte a gelatina bem escorrida e mexa até dissolver.
3.- Passe uma forma por água fria, verta-lhe a mistura anterior, deixe arrefecer um pouco e depois leve ao frigorífico até solidificar.
4.- Lave os figos, pele-os, deite-os para uma frigideira, junte o açúcar, leve ao lume e deixe ferver durante 10 minutos, mexendo regularmente. Retire do lume e deixe arrefecer. Desenforme o doce, regue-o com o molho de figo e sirva decorado a gosto

– Tempo: 25’ + tempo de frio – Para 8 doses

[Receita confeccionada em 14.Ago.2008]