1130: Por que razão algumas pessoas são menos resistentes à covid-19? A ciência responde

SAÚDE PÚBLICA/COVID-19/RESISTÊNCIA

Guillaume Horcajuelo / EPA

Uma equipa de investigadores respondeu, parcialmente, à grande questão sobre a covid-19: Por que razão algumas pessoas são menos resistentes à doença?

Num novo estudo, publicado na revista Science, o grupo destaca a importância do Sistema Interferon e o papel que este desempenha no combate ao vírus SARS-CoV-2.

Com o desenrolar da pandemia, começou a ficar evidente que algumas pessoas que são infectadas com covid-19 apresentam sintomas muito mais graves da doença do que outras.

Por outro lado, ao longo do último ano e meio, foi-se percebendo que alguns doentes que estavam infectados tinham nenhum sintoma da doença, por isso, neste novo estudo, os especialistas tinham como objectivo perceber por que algumas pessoas tinha sintomas tão graves e acabavam até por morrer.

Assim, a equipa conduziu uma extensa triagem de expressão genética estimulada por interferon para duas enzimas envolvidas no alerta do sistema imunológico para uma infecção. Os interferons são proteínas sinalizadoras que alertam o corpo quando entidades invasivas, como bactérias e vírus, são detectadas.

A pesquisa levou os investigadores até ao OAS1, uma enzima que reage à sinalização do interferon, solicitando uma resposta imunológica quando o vírus SARS-CoV-2 é detectado.

Segundo o MedicalXpress, pesquisas anteriores mostraram que o OAS1 se liga às membranas usando um grupo prenil como parte do processo de sinalização. Esses estudos indicaram ainda que essa sinalização pode inibir a replicação do vírus SARS-CoV-2.

Observando o seu valor na protecção das pessoas contra a covid-19, os investigadores analisaram os transcriptomas de 500 pacientes com a doença que tinham tido uma ampla gama de sintomas.

Assim, descobriam que os doentes que não tinham OAS1 prenilado passaram por um quadro de sintomas muito mais graves.

No entanto, os especialistas não conseguiram perceber por que razão algumas pessoas nascem sem a enzima, mas o trabalho da equipa pode ajudar a descobrir novos tipos de vacinas contra a covid-19, tal como outros tipos de infecções.

  ZAP //

Por ZAP
3 Outubro, 2021

© ® inforgom.pt e apokalypsus.com são domínios registados por F. Gomes