1628: Do teletrabalho ao uso de máscaras. O que recomendam os peritos

– Eu, quando for grande, gostava de ser “perito” e/ou “especialista” em medicina! Actualmente, sou perito e especialista noutras áreas científicas e não científicas, mas esses tipos de especialidades não me conferem falar do que não sei. Contudo, um qualquer analfabeto, que infelizmente ainda existem, sabe traduzir as estatísticas dos INFECTADOS e dos MORTOS diários e daí tirar conclusões que não irão de encontro aos pareceres dos peritos e especialistas em medicina, as cabecinhas pensadoras do nosso país… salvo os acéfalos indigentes que nunca cumpriram os vários estados de calamidade pública (ALERTA, CALAMIDADE, CONTINGÊNCIA e EMERGÊNCIA), as regras básicas de segurança sanitária, o distanciamento físico e andaram alegremente e sempre na boa-vai-ela desde o início da pandemia em Março de 2020… e os ainda cientes que estas medidas de alívio não trarão nada de bom…

SAÚDE PÚBLICA/PANDEMIA/COVID-19/PERITOS/ESPECIALISTAS

Os especialistas estiveram reunidos para para avaliar a evolução da situação epidemiológica e sugerem um alívio nas medidas.

© ANT�NIO COTRIM/LUSA

As medidas em vigor para controlar a pandemia de covid-19 deverão revistas na quinta-feira pelo Governo, depois dos peritos terem sugerido um alívio nas restrições, como o fim das limitações de acesso a lojas, bares e discotecas.

Apesar de ainda existirem incertezas, como afirmou esta quarta-feira a ministra da Saúde, Portugal está numa nova fase da pandemia devido à alta taxa de vacinação e da menor gravidade associada à variante Ómicron.

Os especialistas, reunidos esta quarta-feira no Infarmed, em Lisboa, para avaliar a evolução da situação epidemiológica, sugerem um alívio nas medidas contra a covid-19, que deverão ser decididas em Conselho de Ministros de quinta-feira.

Medidas sugeridas pelos peritos:

Acesso a lojas, bares e discotecas

O acesso a lojas, bares e discotecas deve passar a ser feito sem limitações e restrições.

Uso do Certificado digital covid-19

O certificado, hoje obrigatório para acesso a restaurantes, estabelecimentos turísticos, alojamento local e espectáculos culturais, passe a ser usado apenas “em contexto de saúde ocupacional (ex: novos trabalhadores).

Uso de máscara

O uso de máscara deve ser apenas obrigatório em espaços interiores públicos, serviços de saúde e transportes. No exterior, a máscara deve ser apenas usada em áreas com grande densidade populacional.

Teletrabalho

O teletrabalho deve deixar de ser recomendado, passando o trabalho presencial a fazer-se sem limitações.

Testagem

A testagem à covid-19 passa a ser recomendada em populações de maior vulnerabilidade (admissão nos lares e antes de internamento hospitalar), funcionários do pré-escolar, em locais de maior risco de transmissão e quando existem sintomas, em contexto de diagnóstico.

Sistema integrado de vigilância de infecções respiratórias

Os peritos ouvidos na reunião do Infarmed sobre a evolução da pandemia propõem um sistema de vigilância de infecções respiratórias que integre o vírus SARS-Cov-2, o da gripe e o vírus sincicial respiratório (que afecta crianças).

DN/Lusa
16 Fevereiro 2022 — 17:46

Web designer
computer programmer
Network Engineering and Computer Systems

 

© ® inforgom.pt e apokalypsus.com são domínios registados por F. Gomes