14: 13 dúvidas sobre constipações

 

O que são, os sintomas, como se previnem, qual o tratamento e quando ir ao médico

Não é de estranhar que, a partir do momento em que chega o frio, as salas de espera de consultórios médicos e urgências comecem a receber inúmeras pessoas com o pingo no nariz.

De facto, todos acabamos por ser enredados nas malhas dos vírus respiratórios e muitas vezes sem percebermos como tal aconteceu. Quantas vezes se assoou no último mês? Pois é, certamente mais do que uma.

Mas se, mesmo assim, não deu grande importância ao assunto e acha que este Inverno ainda não esteve constipado, está na altura de saber de que falamos quando o assunto é constipações.

O que é uma constipação?

Uma constipação é uma infecção das vias respiratórias superiores provocada por um vírus. O que pode tornar uma constipação mais complicada é o facto de poderem ter na sua origem vários tipos de vírus.

Quais são os vírus mais comuns?

Nos adultos, os mais comuns são o rinovírus e o coronavírus, nas crianças o vírus sincial respiratório, o para-influenza e o adenovírus.

Quais são os sintomas da constipação?

A constipação pode provocar conjuntivite, rinite – inflamações dos olhos e do nariz – faringite, tosse, pode dar alguma rinorreia (aquilo a que as pessoas chamam habitualmente «ranho»), muito raramente febre, alguma prostração, dor de garganta e dor de cabeça.

Qual é a diferença entre a constipação e a gripe?

O quadro de sintomas da constipação não é tão intenso como o da gripe. A gripe provoca sempre febre e uma grande fraqueza, um enorme mal-estar geral e dores musculares. Aliás, quando temos constipações andamos todos de pé e a trabalhar e quando temos outro tipo de infecção respiratória, nomeadamente uma gripe, ficamos em casa na cama..

Mas a febre pode surgir quando nos constipamos?

A partir dos cinco anos é muito raro que a constipação provoque febre, apesar de em algumas situações isso acontecer. Mesmo nesses casos é uma febre ligeira e de pouca duração, porque este é um dos sintomas que melhor distingue a constipação da gripe.

Uma pessoa pode constipar-se mais do que uma vez por ano?

Sim, isto porque na origem de uma constipação podem estar vários tipos de vírus respiratórios próprios do homem, em que este funciona como seu hospedeiro natural. Estes vírus circulam entre as populações e facilmente se transmitem. No entanto, esta doença é mais comum nos meses frios, no Outono, Inverno e início da Primavera.

Qual é o meio de transmissão desta doença?

A forma mais frequente é através de gotículas de saliva através do ar ou de mãos contaminadas (quando se utilizam para pôr à frente da boca).

Quais são os principais factores de risco para que nos constipemos?

Um forte factor de risco são os locais fechados como os transportes públicos, pois basta estarem duas ou três pessoas a espirrar ou a tossir para poder haver transmissão. Aconselha-se a que as pessoas não se aglomerem em sítios fechados, como tendas, salas ou transportes públicos. Os locais devem ser sempre ventilados e arejados.

E as correntes de ar são perigosas?

A maioria das pessoas tem muito medo das correntes de ar e de andar descalço pela casa e, apesar de não ser aconselhável que sejamos submetidos a mudanças de temperaturas bruscas para não favorecer a instalação dos vírus no nosso organismo, no caso das constipações é preferível estar perto de uma janela aberta do que num local fechado e sem ventilação.

As crianças estão mais propensas a ficar constipadas do que os adultos?

As crianças têm mais probabilidade de sofrer uma constipação porque a sua imunidade é mais fraca e o mesmo acontece com os idosos. Por outro lado, as crianças podem ser mais vulneráveis por estarem sujeitas a uma série de outros agentes para os quais ainda não criaram defesas ou por terem outras complicações respiratórias que, quando associadas a uma constipação, podem provocar sintomatologia muito exuberante.

Como se pode prevenir uma constipação?

Estes vírus estão amplamente disseminados entre nós e é difícil escapar a uma constipação. As medidas são as regras de higiene normais, uma boa alimentação, não estar sujeito a muito stress, não ter outro tipo de patologias, não estar em sítios fechados com muita gente e sem arejamento das instalações. Tudo isso favorece o não aparecimento, mas não nos torna completamente resguardados.

Quando se deve ir ao médico?

Nesta época, a concentração de doentes nas salas de espera é enorme, podendo agravar a situação do doente. Aconselha-se que as pessoas que estejam doentes e que não tenham febre nem um grande mal-estar, a não irem directamente ao médico. Isto porque, nas salas de espera dos médicos (sítios fechados), estão outros doentes com outros vírus, portanto a probabilidade de passarem o seu vírus para outras pessoas é grande e vice-versa. Antes de ir ao médico, pode aconselhar-se junto da linha Saúde 24 (telefone: 808 24 24 24).

Em que consiste o tratamento da constipação?

Ao contrário das bactérias, para estes vírus não há medicamentos específicos, a única solução é o uso de terapêuticas sintomáticas, ou seja, para tirar os sintomas. Podem pôr-se pingos nos olhos, soro no nariz, tomar um analgésico se a garganta doer, tomar alguma coisa para baixar a febre no caso desta existir. São terapêuticas para nos dar algum bem-estar, mas daqueles quatro ou cinco dias de constipação ninguém se livra.

Texto: Lúcia Vinheiras Alves

A responsabilidade editorial desta informação é da revista

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...