388: Restaurantes e cafés a 300 metros da escolas com limite de quatro pessoas por grupo

 

 

SAÚDE/CONTINGÊNCIA/COVID-19

Acompanhe aqui as notícias desta quinta-feira sobre a pandemia de covid-19 em Portugal e no mundo.

O primeiro-ministro António Costa apelou ao cumprimento das regras sanitárias
© HUGO DELGADO/LUSA

10 set14:31
Centros comerciais: não podem estar mais de quatro pessoas por grupo

Os estabelecimentos comerciais só podem abrir depois das dez horas da manhã (com excepções).

Para todos os estabelecimentos – exceptuando a restauração – o horário de fecho situa-se entre as 20 e as 23 horas – nestes casos são as câmaras municipais que determinam o horário de encerramento.

10 set14:26
Transportes: regras mantêm-se. Uso de máscara e higienização

“É preciso jogar com os horários. O comércio geral abrir às dez horas é para evitar ajuntamentos“, diz António Costa.

Por isso o Governo pede também o desfasamento de horários na entrada dos trabalhadores nas empresas.

O teletrabalho é para continuar, também nos serviços públicos, mas tem de haver “um esforço de organização”, pede o primeiro-ministro.

10 set14:23
“Batalha não está ganha”. Uma das linhas vermelhas é o aumento dos óbitos

António Costa diz que a guerra contra a covid-19 não acabou, mas que o país não pode voltar a parar.

Sobre as linhas vermelhas que poderão reverter a situação actual está o aumento do número de óbitos, mas o fecho das escolas não está no horizonte, tal como aconteceu em Março, disse o primeiro-ministro.

10 set14:16
Lisboa e Porto.Teletrabalho vai continuar nas áreas metropolitanas

“É preciso um esforço acrescido” nas áreas metropolitanas de Lisboa e Porto.

Mantêm-se nestas regiões as medidas previstas de teletrabalho e ficará em consulta pelos parceiros sociais um conjunto de medidas que visam a organização do trabalho em espelho, por exemplo, entre outras regras, anunciou o primeiro-ministro.

10 set14:12
Lares. Brigadas de emergência vão agir rapidamente em surtos

Serão 18 equipas e estarão todas operacionais até ao final do mês: “são 400 profissionais, entre médicos, enfermeiros e técnicos de diagnóstico”, anuncia o primeiro-ministro.

Costa recordou que só um por cento dos lares – num universo de 2500 – é que apresentam casos de covid-19.

10 set14:04
Costa: “Vamos entrar numa nova fase”. Limite de quatro pessoas por grupo junto às escolas

A partir do dia 15 de Setembro o estado de contingência é alargado a todo o país. Algumas das regras são:

– Ajuntamentos limitados a 10 pessoas (como já acontecia na Grande Lisboa);

– Ginásios e cabeleireiros abrem só a partir das dez da manhã;

Restaurantes cafés e pastelarias a 300 metros da escolas com limite de quatro pessoas por grupo;

– Autarcas podem decidir a que horas encerram os estabelecimentos (entre as 20 e as 23 horas);

Proibição de venda de álcool nas estações de serviço a partir das 20 horas e em todos os locais, à excepção de restaurantes;

– Proibido também o consumo de álcool na via pública, para evitar ajuntamentos.

O primeiro-ministro disse que as regras não têm cariz moral, “não estamos contra a festa”, mas que são necessárias do ponto de vista da saúde pública.

10 set13:56
Stayaway Covid. Costa pede para ser usada nas escolas, empresas, transportes públicos

Já foram efectuados 735 243 downloads até hoje e António Costa diz que é “muito importante” usar a aplicação nas escolas, empresas, transportes públicos e redacções (comunicação social).

“As informações são anónimas”, ressalva o primeiro-ministro, acrescentado que a maior parte dos novos casos são de pessoas assintomáticas.

Já foram testados mais de dois milhões de portugueses

“Portugal continua a ser um dos países que mais testa os seus habitantes”, diz Costa, justificando que o aumento no número de novos casos também está relacionado com a maior capacidade de testagem.

No dia 8 de Setembro foram realizados 20 527 testes, um número recorde, segundo o primeiro-ministro.

Costa: “Numero de óbitos tem-se mantido estável”

António Costa: “Desde Agosto tem havido um crescimento sustentado de novos casos”, diz o primeiro-ministro, recordando que “o maior número de novos casos na faixa etária “entre os 20 e os 30 anos”

“Números de ontem e de hoje são significativos“, assume Costa.

Um aumento justificado pelo “período de férias e um natural relaxamento do comportamento individual de cada um” alem da mobilidade social desta altura de verão.

As novas regras para o plano de contingência, que entram em vigor a 15 de Setembro, vão ser anunciadas pelo primeiro-ministro.

Diário de Notícias
10 Setembro 2020 — 06:48

 

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Deixe uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.