326: Comer malagueta pode reduzir risco de ataque cardíaco e AVC

 

Hans / Pixabay

Um novo estudo sugere que comer regularmente malaguetas pode ser o segredo para reduzir o risco de ataque cardíaco e acidente vascular cerebral (AVC).

Uma boa alimentação é fundamental para preservar a nossa saúde e, aos poucos, a ciência vai desvendando novas propriedades nos alimentos que nos podem ser favoráveis. Uma equipa de investigadores sugere que o consumo regular de malagueta pode reduzir significativamente o risco de ataque cardíaco e AVC.

Num estudo levado a cabo com 23 mil italianos, durante oito anos, os cientistas identificaram um padrão interessante. Aqueles que comiam malagueta pelo menos quatro vezes por semana tinham um risco 40% menor de morte por ataque cardíaco. Além disso, tinham um risco 50% menor de morrer por AVC.

O estudo, citado WebMD, será publicado dia 25 de Dezembro na revista científica Journal of the American College of Cardiology.

“Um facto interessante é que a protecção contra o risco de mortalidade era independente do tipo de dieta que as pessoas seguiam”, disse à CNN a autora do estudo, Marialaura Bonaccio. “Por outras palavras, alguém pode seguir a saudável dieta mediterrânica, ou alguém pode comer de maneira menos saudável, mas para todos eles a pimenta tem um efeito protector“.

Este efeito protector já tinha sido verificado nos Estados Unidos e na China e verificava-se independentemente da maneira que era consumida. No entanto, a equipa de investigadores quer estudar melhor quais os mecanismos bioquímicos que tornam as malaguetas tão saudáveis para a nossa saúde.

ZAP //

Por ZAP
24 Dezembro, 2019

 

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...