542: Ministério da Saúde lançou portal dedicado à vacinação

 

 

SAÚDE/VACINAÇÃO/PORTAL

Está disponível a partir deste sábado um portal dedicado ao processo de vacinação contra a covid-19. Página permite fazer uma simulação para saber em que altura será chamado pelo Serviço Nacional de Saúde.

Primeiro lote de vacinas chegou este sábado a Portugal
© José Coelho/LUSA

O Governo lançou este sábado (26 de Dezembro) um portal dedicado ao processo de vacinação contra a covid-19. O Ministério da Saúde adianta, em comunicado, que esta página disponibiliza toda a informação sobre a vacinação através de “uma linguagem simples e clara” respondendo às principais questões que têm vindo a ser levantadas desde o anúncio da chegada da vacina a Portugal.

“A vacina é eficaz?”, “a vacina é segura?”, “quais os diferentes tipos de vacina que serão administradas em Portugal”, “quais os grupos prioritários?” são alguns exemplos das perguntas colocadas e respondidas no portal.

“Além da resposta a estas perguntas mais gerais existe ainda uma área nesta nova página onde se podem encontrar esclarecimentos quanto a aspectos mais específicos, como os efeitos secundários das vacinas ou o que fazer após estar vacinado”, refere o Ministério da Saúde.

Entre os principais destaques da página, encontra-se uma simulação que o utilizador pode preencher para ficar a saber em que altura será chamado pelo SNS para vacinação.

Além desta ferramenta, são ainda disponibilizados os contactos e linhas de apoio que devem ser utilizados pelos cidadãos que queiram saber mais sobre o processo de vacinação.

Ao longo de 2021, a página, que foi concebida pelo Governo em estreita articulação com a task-force, a DGS e os Serviços Partilhados do Ministério da Saúde, contará com actualizações periódicas quanto à execução da campanha de vacinação, bem como outras notícias de relevo e informações prestadas pela task-force, refere-se no comunicado.

O primeiro lote da vacinas contra a covid-19 desenvolvida pela Pfizer-BioNTech chegou hoje de manhã a Portugal e contempla 9.750 doses destinadas aos profissionais de saúde dos centros hospitalares universitários do Porto, São João, Coimbra, Lisboa Norte e Lisboa Central.

Este lote de 9.750 doses será reforçado com a antecipação da entrega de mais 70.200 doses, que têm chegada prevista para segunda-feira, elevando o total disponível para administração até ao final do ano para 79.950 vacinas, segundo o Ministério da Saúde.

Entre Dezembro e o primeiro trimestre de 2021, que corresponde ao período da primeira fase definida pela ‘task-force’ responsável pelo plano de vacinação, Portugal espera receber 1,2 milhões de vacinas, distribuídas por três períodos: 312.975 doses no acumulado de Dezembro e Janeiro, 429 mil doses em Fevereiro e 487.500 em Março.

A pandemia de covid-19 provocou pelo menos 1.743.187 mortos resultantes de mais de 79,3 milhões de casos de infecção em todo o mundo, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.

Em Portugal, morreram 6.478 pessoas dos 391.782 casos de infecção confirmados, de acordo com o boletim mais recente da Direcção-Geral da Saúde.

Diário de Notícias
DN/Lusa
26 Dezembro 2020 — 12:16