226: Demência é mais grave para quem reside em lares e tem défice cognitivo

 

demenciaOs casos mais graves, entre quem sofre de demência, são os residentes em lares com défice cognitivo. Estes doentes apresentam o dobro da percentagem de casos de demência grave em comparação com os utentes que moram em casa e são seguidos nos cuidados de saúde primários.

Os resultados foram apresentados no ‘Estudo sobre Necessidades de Cuidados em Pessoas com Demência’, realizado para “caracterizar os doentes-tipo existentes no país, com base em amostras epidemiologicamente representativas de cada região de saúde, possibilitando estruturar os planos de cuidados mais adequados”.

Contudo, os dados revelados até agora (constam do relatório ‘Portugal – Saúde Mental em Números – 2015’) reportam apenas à região norte, com início em 2013.

O estudo demonstrou que, dos 171 utentes dos cuidados de saúde primários com problemas de saúde mental e avaliação compreensiva em casa ou no centro de saúde, 151 (88,3 por cento) foram identificados como tendo défice cognitivo.

Destes 151, 44,8 por cento apresenta défice cognitivo ligeiro, 24 por cento demência ligeira, 23,4 por cento demência moderada e 7,8 por cento tem demência grave.

Entre os 153 residentes em lares, 51 apresentavam défice cognitivo, sendo que 23,5 por cento tinham défice ligeiro, 25,5 por cento demência ligeira, 29,4 por cento demência moderada e 15,7 por cento apresentavam demência grave.

De acordo com as conclusões dos resultados preliminares, “o rastreio e triagem precoce de pessoas com défice cognitivo e respectiva referenciação ou acompanhamento são essenciais para garantir cuidados adequados às pessoas mais velhas, nomeadamente as que têm demência”.

O estudo insere-se nas Parcerias Europeias de Inovação (EIP, 2012), das quais a Unidade de Investigação e Formação sobre Adultos e Idosos (UNIFAI) do Instituto de Ciências Biomédicas Abel Salazar da Universidade do Porto é parceira.

O trabalho foi financiado pelo Programa Nacional de Saúde Mental.

PTjornal
Quinta-feira, 24/03/2016 – 15:02

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...