46: Endometriose afecta fertilidade de uma em cada seis mulheres

 

Investigação

A endometriose, doença que tem como principal sintoma a dor pélvica, é uma das principais causas de infertilidade feminina em Portugal, afetando uma em cada seis mulheres em idade reprodutiva, foi hoje divulgado.

Segundo Jorge Correia Pinto, professor da Escola das Ciências da Saúde (ECS) da Universidade do Minho (UMinho), aquela doença, apesar de “socialmente expressiva” devido ao impacto na vida da mulher, “é muito pouco conhecida e divulgada” em Portugal.

“Há também escassos especialistas suficientemente habilitados para lidar com esta patologia, o que leva a que, em média, o seu diagnóstico demore cerca de oito anos”, acrescentou.

No sábado, a U Minho recebe o primeiro simpósio nacional sobre tratamento minimamente invasivo da endometriose.

O austríaco Jorg Keckstein, “um dos mais experientes do mundo” em cirurgia laparoscópica, irá operar, no Hospital da Arrábida, em Gaia, uma mulher com esta patologia em estado severo.

A cirurgia recorre a um método inovador e será transmitida em alta definição para o auditório da ESC da UMinho, aonde estarão mais de 150 especialistas, que terão oportunidade de debater as técnicas mais recentes no tratamento da endometriose.

“Este simpósio tem uma importância ímpar face à elevada prevalência daquela doença em Portugal e à enorme escassez de informação e conhecimento da mesma por parte da comunidade médica e da população em geral”, explicou Jorge Correia Pinto.

A endometriose afecta uma em cada seis mulheres em idade reprodutiva. Cerca de 80% apresentam como principal sintoma a dor pélvica. Os restantes casos surgem na sequência de estudo de casos de infertilidade.

Trata-se de uma doença progressiva que pode levar ao mau funcionamento de vários órgãos e queixas álgicas intensas, impedindo muitas mulheres de fazer uma vida normal.

Os casos mais severos exigem uma complexa abordagem cirúrgica.

Os sintomas associados incluem dor abdominal, alterações intestinais, dor nas relações sexuais, cansaço extremo, menstruação abundante e irregular, problemas de rins ou bexiga e infertilidade.

In Diário de Notícias online
por Lusa
20/04/2012

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...