205: Equipa descobre antibiótico contra bactéria responsável por infecções hospitalares

 

Uma equipa internacional de investigadores descobriu um antibiótico eficaz contra a bactéria responsável por grande parte das infecções que se contraem nos hospitais (a Estafilococos Aureus), um micro-organismo resistente a quase todos os antibióticos.

dd21022015A divulgação da descoberta foi feita hoje pela agência de notícias espanhola EFE que revela que o novo antibiótico foi desenhado por uma equipa dirigida pela Universidade de Notre Dame (situada no estado norte-americano de Indiana) na qual participou também o Instituto de Química-Física Rocasolano, em Madrid.

A resistência das bactérias aos antibióticos é um problema de saúde mundial muito preocupante: «Há cada vez menos antibióticos novos e mais patogénicos super-resistentes», explicou Juan A. Hermoso, o investigador do Departamento de Cristalografia do instituto madrileno e um dos autores do estudo.

Diário Digital
Diário Digital / Lusa
21/02/2015 | 13:00

Bactéria resistente aos antibióticos tem um ‘calcanhar de Aquiles’

 

Cientistas britânicos acreditam poder “desarmar” a bactéria E.coli

Reuters

Reuters

Os alertas têm sido constantes por parte dos responsáveis de saúde: a resistência aos antibióticos poderá levar a que dentro de 20 anos, até mesmo as intervenções cirúrgicas mais rotineiras sejam potencialmente fatais devido ao risco de infecção.

No entanto, a ameaça global poderá estar agora mais perto de ser dominada, com um grupo de cientistas da Universidade de East Anglia a anunciar, num estudo publicado na revista Nature, ter descoberto como a bactéria E.coli constrói a sua barreira impenetrável contra os antibióticos.

A equipa de investigadores acredita que dentro de poucos anos será possível ter um medicamento que “desligue” essa armadura, tornando a bactéria vulnerável.

“É um avanço muito significativo”, congratula-se o professor Changjiang Dong, da Universidade de East Anglia. “Muitas bactérias constroem uma defesa exterior que é importante para a sua sobrevivência e resistência aos medicamentos. Descobrimos uma forma de impedir isso”.

In Visão online
11:33 Quinta feira, 19 de Junho de 2014

149: Antibiótico mais vendido em Portugal é ineficaz em 20% dos tratamentos

 

O antibiótico mais vendido em Portugal «não devia ser usado», dado que falham cura em um quinto dos casos tratados.

dd24052014De acordo com notícia destacada no Diário de Notícias deste sábado, foram detectadas taxas de resistência de dezoito a 25% no caso da amoxicilina com ácido clavulânico, o antibiótico mais receitado em Portugal e amplamente usado no tratamento das infecções urinárias.

A Direcção-Geral de Saúde afirma que nem este fármaco, nem as quinolonas, devem ser usadas em primeira linha. «Isso não está a acontecer e um quinto dos doentes assim tratados falham a cura», refere o diário.

In Diário Digital online
24/05/2014 | 12:39

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...