197: Uma aplicação para fazer um exame à retina com o telemóvel

 

dn27112014Criadores do Peek lançaram campanha de “crowdfunding” para distribuir kit por clínicas de todo o mundo.

Os criadores do Peek, um sistema capaz de transformar um telemóvel num aparelho para fazer exames oftalmológicos, lançaram uma campanha de angariação de fundos para distribuir o kit por clínicas de todo o mundo.

O Peek (de Portable Eye Examination Kit, ou seja, um kit portátil de exame aos olhos) é composto por um adaptador e uma aplicação (app), que permitem conseguir imagens de boa qualidade do olho e da retina com um telemóvel inteligente. E, desta forma, ajudar os profissionais no terreno a diagnosticar cataratas, glaucoma e outras doenças dos olhos, com a ajuda de especialistas a quem podem enviar as imagens – sobretudo, nos locais onde não há acesso aos aparelhos necessários para fazer este diagnóstico.

Pensado por uma equipa de oftalmologistas, engenheiros informáticos e empresário, o Peek pode chegar a clínicas espalhadas por todo o mundo, através de uma parceria com os Médicos Sem Fronteiras. A campanha de crowdfunding, lançada na segunda-feira na página da Indiegogo, já conseguiu 24 mil libras, mas o objectivo é chegar às 70 mil.

“Com o Peek esperamos aumentar o acesso a cuidados oftalmológicos a milhões de pessoas que cegam sem necessidade”, explica Andrew Bastawrous, oftalmologista do International Centre for Eye Health em Londres.

In Diário de Notícias online
por Dn.pt
27/11/2014

120: Inovação: Monitorizar doença de Parkinson à distância de um smartphone

 

O centro de investigação Fraunhofer Portugal AICOS está a participar num projecto europeu que pretende desenvolver um sistema de monitorização remota do estado de saúde de doentes com Parkinson, através de um conjunto de sensores ligados a um smartphone.

nm05092013

O sistema de monitorização REMPARTK pretende tornar possível o acompanhamento remoto do estado de saúde de doentes com Parkinson, dotando o paciente da capacidade de avaliar e detectar, em tempo real, estados motores de On/Off ou de Discinésia (movimentos involuntários).

O principal canal de comunicação entre o utilizador e o sistema é um smartphone que tem vários serviços como a gestão de medicamentos e lembranças para tomar medicação, ou questionários médicos, indica o site B!T.

O sistema completo será testado com 60 pacientes de quatro centros médicos.

Refira-se que este novo projecto se propõe reduzir o tempo de hospitalização dos doentes, introduzir melhorias no tratamento da doença, a detecção precisa do estado motor do paciente e o reforço do conhecimento médico sobre a doença.

In Notícias ao Minuto
12:02 – 05 de Setembro de 2013 | Por Notícias Ao Minuto

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...