121: Repelente de insectos (Dengue)

 

Receita caseira

facebook07092013

In Facebook

Basta uma gotinha nos braços e outra nas pernas.

ATENÇÃO: FALA-SE QUE NO RIO DE JANEIRO ESTÃO ESPERANDO A MAIOR INCIDÊNCIA DA HISTÓRIA, DE DENGUE ESTE ANO DE 2013. VAMOS FAZER NOSSA PARTE.

Estou repassando, por entender tratar-se de uma solução fácil para um problema que vem se arrastando e adoecendo tantas pessoas.

Com tanta chuva, está sendo impossível controlar poças d’água e criadouros, como sabem.

Estou fazendo um trabalho de formiguinha e está dando certo.

Este repelente caseiro, ingredientes de grande disponibilidade, fácil de preparar em casa, de agradável aroma e económico.

Em constacto com pessoas, tenho notado que não se protegem, estão reclamando que crianças estão cheias de picadas.

Tenho distribuído frascos como amostra, todos estão aderindo.

Já distribuí 500 frascos e continuo.

Mas, sou sozinha, trabalhando com recursos próprios, devido ao grande número de casos de dengue, não consigo abranger.

Gostaria que a SUCEN sugerisse aos municípios distribuir este repelente ( numa emergência ) nos bairros carentes com focos da dengue, ensinando o povo para futuramente preparar e usar diariamente, como se usa sabonete, pasta de dente.

Protegeria as pessoas e ao mesmo tempo, diminuiria a fonte de proteína do sangue humano para o Aedes maturar seus ovos, atrapalhando assim, a proliferação.

Não acham que qualquer ação que venha a somar nesta luta deveria ser bem vinda ?

DENGUE I (Aedes Aegypti):

Componentes:

– 1/2 litro de álcool;
– 1 pacote de cravo da Índia (10 gr);
– 1 vidro de óleo de bebé (100 ml).

Deixe o cravo curtindo no álcool uns 4 dias, agitando duas vezes ao dia (manhã e tarde);
Depois coloque o óleo corporal (pode tb ser de amêndoas, camomila, erva-doce, aloé vera).
Passe só uma gota nos braços e outra nas pernas e o mosquito foge do cómodo.

O cravo espanta formigas da cozinha e até dos equipamentos electrónicos, espanta também as pulgas dos animais.

O repelente evita que o mosquito sugue o nosso sangue, assim, ele não consegue maturar os ovos e atrapalha a postura, vai diminuindo a proliferação.

A comunidade toda tem de usar, como num mutirão.

Não forneça sangue para o Aedes Aegypti !

Ioshiko Nobukuni
(Sobrevivente da dengue hemorrágica)

Uma observação da Nair Adelaide:

Aqui em casa sempre temos este preparado. Minha filha usava quando fazia trabalho de campo para o mestrado em Biologia e tinha que passar a noite no mangue.
Quando eu faço, coloco bastante cravo para ficar mais forte. Acho que 10 gramas ainda é pouco. O óleo deve ser misturado só depois que os cravos estiverem bem curtidos no álcool e serve para fixar na pele.

Usamos quando vamos passear, pescar ou em qualquer outra ocasião em que se faça necessário. Além de eficiente, é muito cheiroso e agradável, o mosquito desaparece.

In Facebook

58: Medicamentos receitados por princípio activo e não por marca a partir de Junho

 

Saúde

A partir de 01 de Junho, as prescrições de medicamentos passam a ter de incluir a Denominação Comum Internacional (DCI) do respectivo princípio activo, indica uma portaria do Governo publicada em Diário da República.

A portaria 137-A/2012, publicada na sexta-feira, também obriga as farmácias a ter disponíveis pelo menos três dos cinco medicamentos mais baratos com o mesmo princípio activo.

O objectivo desta legislação, contestada pela Ordem dos Médicos e pela indústria farmacêutica, é reduzir os custos do Estado e dos utentes com medicamentos, fomentando o uso de genéricos.

In Destak online
Destak/Lusa | destak@destak.pt
13 | 05 | 2012 15.37H

54: Segunda-feira sem carne

 

As tais segundas-feiras sem carne que menciona ESTE ARTIGO. Apenas juntei umas rodelas de chouriço a esta receita de NACOS DE SOJA GUISADOS.

Ingredientes:

– 150 g de nacos de soja grossos
– 600 g de batatas
– 500 g de jardineira de legumes
– 400 g de tomate triturado com manjericão (lata)
– ½ chouriço de carne
– 100 g de cebola congelada em cubos
– 1 colher de sopa de alho picado congelado
– 0,5 dl de azeite
– 2 dl de vinho branco
– 2 dl + 1 lt de água
– 1 cubo Knorr Carne
– 2 colheres de sopa de molho de soja
– 1 folha de louro
– 2 colheres de sopa de salsa fresca picada
– 1 colher de chá de orégãos
– sal e pimenta de misturas q.b.

Preparação:

1.- Coloque os nacos de soja num recipiente bem cobertos com água à temperatura ambiente e deixe a demolhar (hidratar) durante 30 a 45 minutos. Tire a pele ao chouriço e corte-o em rodelas finas.
2.- Descasque, lave e corte as batatas em cubos pequenos. Leve um tacho grande ao lume com o azeite, deixe aquecer, junte a cebola, o alho e a folha de louro e deixe a cebola amaciar. Junte os nacos de soja previamente escorridos (esborrache-os entre as mãos para sair parte da água) ao refogado, o vinho, a lata de tomate, a salsa, os orégãos, o molho de soja, o cubo de carne, os 2 dl de água, mexa muito bem e deixe cozinhar, com o tacho tapado e em lume brando, durante 20 minutos.
3.- Coloque a jardineira de legumes num passador e deite água corrente até tirar o gelo, junte ao tacho com as batatas, o chouriço e mais 1 litro de água, rectifique temperos, mexa e deixe cozinhar, em lume brando, por mais 35 minutos ou até que os legumes estejam cozidos. Se necessário, juntar mais um pouco de água durante o processo.
4.- Retire do lume e sirva de imediato. Uma delícia…!

60′ económico 8 doses fácil

© 07.Mai.2012

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...