31: Descoberta de bioquímico português de Yale abre caminho para travar surdez

 

Ciência

Uma equipa de cientistas da Universidade de Yale liderada pelo jovem bioquímico português Nuno Raimundo desvendou o processo da perda de audição, através da manipulação genética de cobaias, abrindo caminho a um tratamento para a surdez.

A descoberta do mecanismo molecular que leva à surdez é narrada na última edição da “Cell”, uma das três principais revistas científicas internacionais a par da “Nature” e “Science”, e vem demonstrar que “ao contrário do que se pensava até agora, a perda de audição não é irreversível”, afirmou à Lusa o cientista de 35 anos.

As células responsáveis pela audição “estão lá, só não estão a funcionar bem, não estão mortas” e podem ser reactivadas “manipulando duas proteínas fundamentais farmacologicamente”, dentro do ADN.

In Destak online
Destak/Lusa | destak@destak.pt
18 | 02 | 2012 07.31H

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...