646: DGS alerta: crianças e idosos devem ficar em casa por causa das poeiras do Norte de África

 

 

SAÚDE/PREVENÇÃO/ALERTAS

A massa de ar do Norte de África que está a provocar uma “fraca qualidade do ar no continente” deve permanecer durante o dia de hoje. Crianças, idosos e doentes com problemas respiratórios e cardiovasculares devem permanecer em casa, aconselha a DGS.

Portugal está a ser afectado por poeiras vindas do Norte de África
© PAULO SPRANGER / Global Imagens

A Direcção-Geral da Saúde aconselha crianças, idosos e doentes com problemas respiratórios e cardiovasculares a permanecerem em casa enquanto se mantiverem no ar as poeiras vindas no Norte de África, desaconselhando a prática de exercício ao ar livre.

Num comunicado disponibilizado no site, a DGS lembra que esta massa de ar do Norte de África que está a provocar uma “fraca qualidade do ar no continente” deve permanecer durante o dia de hoje, mas o seu efeito pode ser enfraquecido com a ocorrência da chuva prevista para algumas zonas do país, reduzindo as concentrações de partículas no ar.

“Este poluente (partículas inaláveis — PM10) tem efeitos na saúde humana, principalmente na população mais sensível, nomeadamente nas crianças e idosos, cujos cuidados de saúde devem ser redobrados durante a ocorrência destas situações”, lembra a DGS, aconselhando a população em geral a evitar esforços intensos e a prática de exercício do ar livre.

Deve ainda evitar-se “a exposição a factores de risco, tais como o fumo do tabaco, e o contacto com produtos irritantes”, sublinha a autoridade de saúde, que diz que, pela sua vulnerabilidade aos efeitos deste fenómeno, além de cumprirem as recomendações para a população geral, as crianças, os idosos e os doentes com problemas respiratórios crónicos, principalmente asma, ou problemas cardiovasculares devem permanecer no interior dos edifícios e, se viável, com as janelas fechadas.

Com previsão de chuva a partir de 1 de Abril, a concentração de poeiras tenderá a diminuir

“Em caso de agravamento de sintomas contactar a Linha Saúde 24 (808 24 24 24) ou recorrer a um serviço de saúde“, acrescenta a DGS.

No seu site, o Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA) diz que, com a aproximação de uma nova depressão no final do dia de hoje, com previsão de chuva a partir do dia 1 de Abril, a concentração de poeiras tenderá a diminuir.

“Ainda durante o dia 31 deverão verificar-se elevadas concentrações de poeiras, diminuindo gradualmente ao longo do dia”, acrescenta.

Diário de Notícias
DN/Lusa
31 Março 2021 — 08:20