322: 25.Dez.2019

 

Lisboa acordou com um Sol envergonhado mas quente e belo como só os astros conseguem transmitir a sua beleza. As nuvens, essas, são flocos de algodão a salpicarem o profundo do céu onde tanto mistério se esconde…

 

315: 07.Dez.2019

 

Lisboa, Portugal, fim de tarde