215: Macros

 

Por incrível que possa parecer, em toda a minha vida de fotógrafo nunca me dediquei às macros. Ou porque não possuísse o equipamento próprio ou porque a área nunca me “chamou” a devida atenção embora admirasse trabalhos de macro-fotografia de vários profissionais do ramo.

Embora continue a não ter os equipamentos minimamente indispensáveis para a macro-fotografia, hoje (se calhar por causa da chuva e da tristeza que o tempo cinzentão acarreta), montei o mini-estúdio Caruba

e fui desenterrar tubos de extensão macro da Vöking (13, 21 e 31mm)

os anéis adaptadores Step-Down e Step-Up (para utilizar os diferentes ∅ de objectivas)

o LED Macro Ring Flash Light Amaran AHL-C60 Halo

a Gloxy High Definition Digital Wide Angle Converter W-58045 0.45x with Macro HD

o fole de extensão Quenox

o Voking ViewFinder Visor LCD VK-VF1

e a câmara Canon EOS 760D

Claro que fiz várias imagens mas como foi a primeira vez e serviu de teste a toda a “artilharia” acima mencionada, ficam apenas duas provas da sessão (penso que vou melhorar nas próximas):

grãos de sal marinho
grãos de sal marinho

Conjunto 3 Difusores para Flash Integrado – Branco/Azul/Amarelo

 

Dado que trabalho muito com flashes externos (directo e escravo) e poucas vezes com o flash integrado das Canon EOS 760D e 1300D dado que estes provocam sombras  que “estragam” o assunto, decidi adquirir, pelo seu baixo custo (€ 9,90), para efectuar testes se realmente estes difusores eliminam as sombras causadas pelo flash integrado das Canon (nos flashes externos que possuo, utilizo sempre difusores). Chegam amanhã e depois colocarei imagens com os resultados.

O conjunto de difusores da JJC são para todas as maquinas DSLR que possuem sapata para flash externo dado que é nessa sapata que o suporte dos difusores vai encaixar.

Inclui:

1x Difusor Branco;
1x Difusor Amarelo;
1x Difusor Azul;
1x Suporte para difusores

Actualização:

Chegados os difusores, coloca-se o branco no suporte, depois este na sapata da Canon e… o flash não abre! Depois de muitas voltas e reviravoltas, verifiquei que se o suporte entrar completamente na sapata do flash externo da câmara, faz com que nem o flash abra, nem dispare. Se recuar um pouco o suporte dos difusores, já abre o flash e dispara. Mas o problema é que o suporte é em plástico, não existe nenhuma peça metálica a fazer curto com a ligação da sapata da câmara… O problema é com este recuo do suporte, o conjunto não fica seguro e pode cair se existir um movimento mais brusco da câmara. Espero que amanhã o técnico da Niobo diga qual o resultado dos testes que ele fez na loja com este equipamento.

Actualização 31102018

Recebi a informação, acompanhada das imagens, para solucionar o problema mencionado acima e fica aqui a dica para quem tiver o mesmo problema com os difusores para flash integrado das DSLR.

Tem de efectuar-se um pequeno corte de 5mm (com um x-acto) na base do suporte (plástico) a fim deste não activar o switch que se encontra na sapata do flash externo e que é accionado sempre que qualquer acessório entra na sapata.

switch que desliga o flash integrado da câmara

E as imagens que o sr. Paulo da Niobo me enviou, foram estas:

É a isto que chamo eficiência, rapidez e competência, além da atenção devida aos Clientes, atitudes raras em algumas empresas.

 

206: Kiwifotos Adapt. Obj. Nikon G a Corpo Canon EF c/ Controlo Diafragma

Há uns anos atrás, tive uma DSLR Nikon D50 (2005) e comprei uma objectiva Sigma 55-200mm. A máquina durou pouco tempo porque avariou-se e não tinha conserto (?). Como estava na garantia, trocaram-me por uma Canon de preço igual mas como a baioneta da Nikon não é igual à da Canon, fiquei com esta objectiva guardada pois nunca a consegui vender.

Há dias andava a pesquisar uns acessórios e dei com este anel adaptador para objectivas Nikon G poderem ser usadas na Canon EOS.

Penso que amanhã deve chegar e se for mesmo compatível, será mais uma objectiva a ser usada pelas 760D e 1300D.

See also Blogs Eclypse ans Spacenews

A Lua de hoje – 19.Ago.2018

Em que lua estamos?

Lua Crescente

A lua de hoje está 61.11% visível e está a crescer. Faltam 7 dias para a fase Lua Cheia.

Distância da Lua à Terra: 396.819.05 km
Idade da Lua: 8.44 dias
Fase da Lua: Crescente
Próxima fase da Lua: Lua Cheia
Visibilidade da Lua: 61.11%

 

Hoje, utilizei a Nikon Coolpix B500 e a Canon 760D + teleobjectiva catadióptrica Samyang 500mm + conversor 2x Dörr que elevou a DF da Samyang para 1.000mm.

Dado que este último equipamento é bastante pesado (câmara+Grip com duas baterias+Samyang+conversor), o melhor tripé que tenho não é que não aguente (ainda dava para mais) mas acusa a falta de estabilização, dado que com uma DF de 1.000mm, basta um leve toque na câmara ou mesmo quando se pretende atingir o foco, a imagem treme por todos os lados, não permitindo uma focagem correcta.

Por isso a minha ideia, que se mantém, de um tripé azimutal que permite movimentos suaves no conjunto fotográfico, além de ficar montado num dovetail que provoca uma maior rigidez ao conjunto.

A imagem seguinte é demonstrativa da falta de estabilidade do tripé fotográfico, apesar de ser captada com um disparador remoto que não perturba o movimento:

Já o mesmo não acontece com a Nikon B500 porque, no mesmo tripé, a focagem é em modo auto, modo Scene Lua e com temporizador 2″, sendo que esta câmara é bastante leve.

See also Blogs Eclypse ans Spacenews