Jan 22
2015

742: Windows 10. Tudo o que tem de saber (e há hologramas)

Microsoft apresentou a nova versão do sistema operativo e anunciou que o Windows 10 vai ter actualização gratuita para quem já usa o Windows 7, Windows 8.1 e Windows Phone 8.1. Esta oferta só vai funcionar durante o primeiro ano: ou seja, ao que tudo indica, até ao final de 2016 – embora a empresa ainda não tenha avançado a data de lançamento desta versão para o mercado.

FOTO DR

FOTO DR

O Windows 10 vai funcionar num ecossistema muito vasto de dispositivos. Desde computadores pessoais a tablets e smartphones. A Microsoft trabalhou a experiência de utilização para a tornar transversal – esteja a utilizar-se um ecrã de grandes dimensões ou, por exemplo, o do smartphone. O sistema operativo integra de raiz uma série de aplicações e dá voz à Cortana, a inteligência artificial que fala (e vai falar em Português) e à qual é possível fazer perguntas oralmente e, entre muitas outras coisas, receber sugestões consoante o que cada um vê na Internet ou guarda no computador.

O próximo Windows vai integrar um novo browser. Ainda está em fase de desenvolvimento, mas o próximo Internet Explorer vai permitir, por exemplo, que se escreva anotações em cima de páginas Web que podem ser partilhadas rapidamente com qualquer destinatário.

A Microsoft também mostrou como a Xbox (a consola de jogos da empresa) integra com o Windows 10. A nova aplicação disponível agrega toda a informação sobre os jogos que foram jogados, os amigos que partilham os mesmos jogos e a área “Actividade” junta os momentos mais importantes que decorreram dentro dos jogos do utilizador e dos seus amigos. É possível mandar mensagens em tempo real a partir de qualquer dispositivo e capturar clipes de vídeo dos jogos que podem ser partilhados rapidamente.

Hologramas e ecrã interactivo
Na apresentação, que decorreu na sede oficial da empresa, em Seattle, Estados Unidos, a Microsoft revelou ainda dois novos dispositivos: o Surface Hub e os HoloLens. O primeiro é um ecrã de 84 polegadas com resolução muito elevada (Ultra HD – quatro vezes a resolução do melhor da Alta Definição) que integra câmaras, microfones, colunas de som e algumas tecnologias de conectividade. O sistema está desenhado para privilegiar a interactividade e destina-se a ambientes profissionais.

Os HoloLens são uns óculos de realidade aumentada que conseguem funcionar de forma autónoma, ou seja, não precisam de receber informação de dispositivos como o smartphone ou o PC. A Microsoft pensou no ecossistema e, por isso, lançou a plataforma Windows Holographic, que permite aos utilizadores criarem os seus próprios hologramas. Ou seja, imagens virtuais que são apresentadas em cima da realidade – por exemplo, ao olhar-se para uma obra de arte surgem nas lentes dos óculos informações contextuais sobrepostas a zonas específicas do objecto que está a ser visualizado.

Os óculos e a plataforma holográfica vão estar disponíveis ao mesmo tempo que o Windows 10.

Coube a Satya Nadella fechar o evento. O CEO da Microsoft falou da estratégia para o Windows. A empresa aposta agora num modelo deste sistema operativo como serviço (Windows-as-a-Service), reforçando o foco no segmento da mobilidade e numa solução multi-plataforma.

Expresso
Paulo Matos (Exame Informática) |
20:24 Quarta feira, 21 de Janeiro de 2015

0-android_logo350 01-sig

Android-4.4.4-KitKat 0-logocyanogenKK444_250

jn11022013 qr code generator



1-portugal QRCode

Share this:
Share this page via Email Share this page via Stumble Upon Share this page via Digg this Share this page via Facebook Share this page via Twitter
This entry was posted in imagens, informação, sistemas operativos, Windows 10 and tagged , , , , , , . Bookmark the permalink.

Comments are closed.